Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

IBGE disponibiliza Disque-Censo, pelo telefone 137, para todo cidadão de Garopaba que ainda não foi recenseado; a ligação é gratuita

Compartilhe esta notícia:

Previous slide
Next slide

A coleta do Censo 2022 ainda não acabou. Nesta fase de finalização, o IBGE disponibiliza o Disque-Censo para toda Garopaba pelo número 137. Novidade deste Censo, o serviço objetiva alcançar o máximo da população através do contato proativo dos cidadãos que ainda não foram recenseados, para que ninguém fique de fora. 

A ligação é gratuita, todos os dias, das 8h às 21h30. O prazo para atendimento do chamado é de até 30 dias.  

A conscientização das pessoas que residem em Garopaba é fundamental. 

“É com base nesses dados que são construídas as políticas públicas, e são estipuladas verbas que serão repassadas do Governo Federal, do Fundo de Participação dos Municípios ao município, por exemplo. Por isso, a gente pede pro povo da cidade para agendar a visita. Estamos na reta final e cada um pode ajudar na construção do futuro da nossa cidade”, destaca o prefeito Junior Abreu. 

Se você ainda não foi recenseado, antes de ligar é preciso conferir se nenhum outro morador do seu domicílio já respondeu ao Censo. O atendente irá solicitar algumas informações de identificação e endereço para repassar à equipe do respectivo município para fazer a visita. O recenseador entrará em contato presencialmente. Por precauções de sigilo, o atendimento da ligação não fornece nenhuma informação além da resposta se o domicílio já consta ou não na base. 

Andamento no estado

Com relação à cobertura da área em SC, o IBGE já recenseou 2,763 milhões de domicílios,16,4% a mais dos 2,373 estimados. Ressalta-se que todos os 20 municípios mais populosos já ultrapassaram a marca dos 100% de domicílios recenseados com base na estimativa do IBGE para este Censo. 

Até esta quinta-feira, o estado teve 7,338 milhões de catarinenses recenseados, 93,3% da população estimada. Dos 295 municípios, 134 ultrapassaram a marca dos 100% com relação à população estimada; 82 estão próximos à média estadual, entre 90% e 100%; e 52 estão abaixo de 90%. 

Dentre os 134 que ultrapassaram a estimativa, destacam-se: Guatambu, com 161,5% (61,5% recenseados a mais do que estava estimado); Piratuba, com 155,8%; Tigrinhos, 144,2%; Barra Velha, 138,5%, Passo de Torres, 137,6% e Itapoá, 137%. Já dentre os 52 menos recenseados, estão seis dos mais populosos: Tubarão recenseou 89,6% da população estimada; São José, 87,9%; Jaraguá do Sul, 86,8%; Criciúma, 82,7%; Florianópolis, 78% e Balneário Camboriú, 73,3%. 

O índice de recusa do estado está em 1,94%, que corresponde a 53.650 domicílios. Já os domicílios com morador ausente, que são aqueles identificados com morador, mas que o recenseador ainda não conseguiu contato, totalizam hoje 181.328, 6,56%. 

Com relação às recusas, dentre os municípios mais populosos, os maiores índices estão em: São José (4,33%), Tubarão (4,10%), Florianópolis (3,71%), Palhoça (3,62%) e Jaraguá do Sul (3,55%). Já os maiores índices de moradores ausentes são de Camboriú (22%), Florianópolis (17,8%), Itajaí (13,8%), Criciúma (12,7%) e Palhoça (12,5%). 

Fale conosco

Preencha o formulário abaixo que em breve entraremos em contato

Inbox no Facebook

Rua Rui Barbosa, 111 – Vila Nova, Imbituba – SC Brasil