Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

Holmes Brasil Júnior

GRAVÍSSIMO: Polícia faz buscas nas casas de professores acusados de assédio sexual contra alunos em escolas de Imbituba

Compartilhe esta notícia:

Previous slide
Next slide

Policiais Civis deflagraram na manhã desta quinta-feira (20) operação para cumprimento de dois mandados de busca e apreensão frutos de investigações que apuram assédio sexual contra alunos, adolescentes, da rede estadual de ensino, em Imbituba.

No primeiro caso, a Delegacia de Polícia Civil da Comarca de Imbituba instaurou o Inquérito Policial após denúncias de que um professor contratado temporariamente (ACT), de 23 anos, estaria se aproveitando da função para pedir, via redes sociais e aplicativos de conversa instantânea, fotos e vídeos de alunos adolescentes, entre 13 e 15 anos, geralmente sem camiseta.

No segundo caso, foi instaurado o inquérito para apurar a conduta de um professor, também temporário (ACT), de 39 anos que teria se aproveitado da sua função para manter conversas de conteúdo impróprio com uma aluna de 14 anos, além de ter iniciado um possível relacionamento com a mesma. 

Além dos mandados cumpridos na manhã desta quinta, o juízo da Vara Criminal de Imbituba decretou também a suspensão do exercício da função pública de professor de ambos os investigados por no mínimo 90 dias.

A operação, que contou com a participação da Polícia Científica do Núcleo Regional de Perícias em Laguna, foi coordenada pelo delegado William Testoni Batisti, da DPCo de Imbituba, que também é o delegado responsável pelas investigações.

“O cumprimento dos mandados resultou na apreensão de dispositivos eletrônicos e outros itens que servirão para instruir os Inquéritos Policiais e que serão analisados para apurar as condutas praticadas pelos professores investigados”, destacou Batisti.

Fale conosco

Preencha o formulário abaixo que em breve entraremos em contato

Inbox no Facebook

Rua Rui Barbosa, 111 – Vila Nova, Imbituba – SC Brasil