Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

“FAMÍLIA ACOLHEDORA”: Assistência Social e Habitação de Imbituba abre inscrições para programa de acolhimento de crianças e adolescentes

Compartilhe esta notícia:

Previous slide
Next slide

A Prefeitura de Imbituba, através da Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação (SEASH), abriu inscrições para o programa “Família Acolhedora”, serviço destinado ao cuidado de crianças e adolescentes afastados, temporariamente, das famílias de origem por determinação judicial.

As famílias, aprovadas para ingressar no programa, recebem um valor de auxílio, que é calculado de acordo com o caso.

“Estamos, apenas, com duas famílias credenciadas e a nossa meta é chegar a dez. O ambiente familiar é o mais propício para essas crianças que precisam de uma rotina familiar para o seu desenvolvimento”, disse a coordenadora do programa, Edenisi Francisco. 

Por um tempo determinado, a família acolhedora recebe a guarda do acolhido e o acompanha em todas as atividades regulares, até o momento em que a família de origem tenha condições de recebê-lo novamente ou que ele seja encaminhado à adoção.

“Em um ambiente familiar, as crianças e adolescentes têm mais referências e um convívio que pode ajudar muito no desenvolvimento da sua saúde física e mental”, enfatizou a Secretaria de Assistência Social e Habitação, Stela Lane Napoleão. 

Para se inscrever no programa, os interessados devem comparecer a Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação (SEASH), que fica na Avenida Doutor João Rimsa, 601, no Centro, das 13 às 19 horas. 

Para mais informações, o edital pode ser consultado no seguinte link: 

Para participar do programa “Família Acolhedora”, os interessados, independente de gênero, etnia ou estado civil, devem ter 25 anos ou mais, serem residentes em Imbituba, não possuírem antecedentes criminais, demonstrarem disponibilidade de tempo, interesse na disponibilidade de proteção e amor às crianças e adolescentes, bem como, não estarem inscritas no cadastro de adoção do Juízo da Infância e Juventude.

A Família Acolhedora será acompanhada por assistentes sociais e psicólogos da SEASH, que preparam a família para o recebimento da criança ou do adolescente. O acompanhamento ocorre, também, durante todo o período de acolhimento.

Fale conosco

Preencha o formulário abaixo que em breve entraremos em contato

Inbox no Facebook

Rua Rui Barbosa, 111 – Vila Nova, Imbituba – SC Brasil