Publicidade


Notícias


Pesquise


Na coluna À Flor da Pele, Érika Bernardes propõe uma reflexão sobre nossos julgamentos: Artigos

Na coluna À Flor da Pele, Érika Bernardes propõe uma reflexão sobre nossos julgamentos: "As Aparências Enganam"

# por Érika dos Reis Bernardes 03-10-2021 há 3 semanas 440

  • Tweet

Publicidade

Nunca estudei a Bíblia, muito menos fiz catequese. Mas, nas minhas épocas de maior fervor, tentei lê-la, e esse foi o versículo que mais me chamou atenção e acabou me dando uma lição de vida: em Mateus, 7, diz assim:



Um dos pecados que todo homem moderno comete, com mais frequência, é esse: julgar tudo aquilo que é diferente da cultura, meio social ou crença dele. É quase que natural, afinal julgamos uma pessoa pela aparência nos aplicativos de encontro. Mas até onde podemos confiar nos nossos julgamentos?

Muitas pessoas, quando me veem na rua, acham que sou uma metida de nariz empinado, afinal sempre gostei de me vestir com tudo combinando e, na rua, ando de postura reta – afinal minha família vivia pegando no meu pé por conta disso-, minha melhor amiga me confessou uma vez, que achava que eu era uma pessoa arrogante, prepotente, mas quando me conheceu, percebeu que eu era totalmente diferente disso.

Muitos acabam vivendo de aparências para que os próximos não a julguem. Mas, convenhamos, não há nada mais atraente numa pessoa do que a originalidade dela, seja roupas despojadas, cabelo por fazer, e até mesmo, certas manias - como arrumar o cabelo instantaneamente. 

Deixamos de conhecer tantas histórias de vida por conta do nosso pré-julgamento e pré-conceito. Nos dias atuais é necessário, principalmente por segurança, o julgamento, mas acabamos caindo na armadilha de que ‘o que é bonito é bom’ e ‘o que é feio é ruim’ – isso vale para coisas, pessoas e animais. E sim, nem sempre um morador de rua pode ser tranquilo, mas sempre há uma história por trás de cada um. Nem sempre o homem bonito pode ser uma pessoa de boa índole, não podemos considerar algo apenas pelo físico.

O mais importante que todos devemos praticar é o respeito. Se a pessoa é ou não é, isso não é problema nosso! Devemos, sem dúvida, respeitar, caso queira conhecer um pouco da história da pessoa, cabe a você decidir. Mas não julgue ou fale mal de algo que você não sabe, de alguém que você não conhece.

Cada pessoa é um Universo, não devemos julgar o Universo do outro se não estamos vivendo nele! Reze ou mantenha pensamentos positivos de que nada do que seja ruim se aproxime de você e tenha coragem para conhecer as pessoas. As energias que emanam de você – cientificamente falando – estarão agindo para que só pessoas boas se aproximem de você e acredite: isso acontece! Nesses meus 22 anos de vida, poucas pessoas entraram na minha vida para me fazer mal porque – creio eu – sempre mantive pensamentos positivos e sempre fui verdadeira. Nos poucos momentos que fui falsa, a falsidade se voltou contra mim e me prejudicou.

O mundo é perigoso, mas só se deixarmos que ele seja perigoso para nós. 
    Palavras-chave
  • Imbituba
  • Érika Bernardes
  • Érika
  • jovens
  • reflexão
  • adolescentes
  • coluna
  • colunista
  • À flor da pele
  • opinião
  • artigo
  • julgar
  • julgamento
  • pré-julgamento
  • julgamentos
  • respeito
  • SC
  • Tweet
Atenção

As opiniões de nossos colunistas não expressam necessariamente a opinião do Portal AHora e são de responsabilidade dos mesmos. O espaço é aberto para a expressão pessoal, independentemente de credo, linha de atuação ou posição política, de acordo com a forma que cada um de nossos colunistas vê e sente o mundo.


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 9 9115.3099
Inbox no Facebook

portalahora@gmail.com

Localização

Imbituba - SC Brasil