Publicidade


Notícias


Pesquise


Governo de SC reúne forças de segurança e alinha combate ao frio extremo; veja riscos e saiba detalhes da onda polar que chega quarta-feira Nosso Estado

Governo de SC reúne forças de segurança e alinha combate ao frio extremo; veja riscos e saiba detalhes da onda polar que chega quarta-feira

por Administrador 26-07-2021 há 2 mêses 272

  • Tweet

Publicidade

Apesar do final de semana agradável, a onda polar em Santa Catarina está confirmada para os próximos dias. O frio deve chegar com tudo já no final da terça-feira (27) e, a partir de quarta-feira (28), todo o Estado terá temperaturas próximas de 0°C. E com isso o governo do Estado convocou uma reunião entre as estruturas de segurança e controle nesta segunda-feira (26) para debater estratégias de combate a este frio histórico que atingirá não somente Santa Catarina, mas os estados do Rio Grande do Sul e Paraná, além dos países vizinhos Uruguai e Argentina.

No auge do frio, as mínimas devem ficar entre 0°C -7ºC em 80% do território catarinense a partir de quarta-feira (28). Há risco de prejuízos à agricultura, às pessoas, aos animais e até de congelamento da água nos canos. Conforme o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), esta é a terceira massa de ar polar atuando no país em 2021 e deve durar até dia 1º de agosto, pelo menos. 

“Sabemos que tivemos manifestações na última semana apontando uma situação muito mais grave do que as previsões estão confirmando, mesmo assim estaremos preparados para qualquer situação”, afirmou David Busarello, chefe da Defesa Civil.

A reunião de alinhamento foi realizada na manhã desta segunda com participação do CBMSC (Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina), Secretaria de Estado da Assistência Social, Casan, PM (Polícia Militar), Epagri, Casa Civil, Secretaria de Estado da Saúde e Santur (Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina).

O governo catarinense colocará uma estrutura de prontidão para dar eventuais suportes às cidades. A situação é monitorada desde a semana passada. 

“Teremos uma ação conjunta no que diz respeito as responsabilidades do Estado”, informa David Busarello. A Defesa Civil aciona nesta tarde o GRAC (Grupo de Ações Coordenadas) e as coordenadorias regionais para reforçar as ações de preparação.

Alerta de temporais e ventos fortes para esta terça no Litoral Sul

A terça amanhece com tempo encoberto com chuva e trovoadas isoladas. No decorrer da tarde a chuva diminui no Oeste, e à noite no Meio Oeste e em localidades do Planalto Sul e Litoral Sul. No fim da tarde e noite a umidade elevada do ar e a temperatura baixa, próximas de 0°C dão chance de precipitação de neve ou chuva congelada nas áreas altas do Planalto Sul.

São aguardadas no período, pancadas de chuva com raios, ventania entre 60 a 75 km/h e há possibilidade de queda de granizo. A ventania se estende até a manhã de quarta-feira, devido a frente fria e onda ar polar sobre o litoral Sul do Brasil.



Riscos às pessoas e animais

O frio intenso trará riscos de hipotermia para pessoas com situação de exposição elevada ao frio, como moradores de rua, e animais de criação, como suínos e aves, e estimação.  Na região da Serra Catarinense as máximas podem oscilar entre 0 e 3° e mínimas entre -7 e -10°C”.

Em Florianópolis, a prefeitura vai intensificar o trabalho de sensibilização e acolhimento à população em situação de rua na cidade. A Santur (Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina) orienta que os turistas devem subir as serras catarinenses apenas com a garantia de reserva em hotéis e pousadas.

Já o Corpo de Bombeiros Militar alerta as pessoas para que não utilizem, no interior de casas, churrasqueiras ou latas com fogo que podem provocar incêndios ou intoxicação por monóxido de carbono.


Cuidados com os animais de estimação no frio

Ainda que o frio persista, o banho é necessário e importante para a saúde do pet, mas é preciso se atentar aos cuidados com a temperatura da água para evitar ressecamento ou até mesmo coceira de pele. Vale cuidar com a tosa: nesta estação, a mais recomendada costuma ser a higiênica.

A roupa para pet pode ajudar a manter a temperatura do corpo do animal aquecida. O ideal são peças confortáveis, de boa qualidade e que não tenham enfeites de excesso, como os penduricalhos, que podem até mesmo limitar a movimentação do animal.

Se o pet é filhote ou já idoso, a proteção pede mais cuidado por sentir mais frio por ter baixa imunidade


Geada severa

Embora exista possibilidade de neve nas áreas mais altas, principalmente entre quarta-feira (28) à noite e quinta-feira (29), a característica desta onda polar é o frio extremo. Os próximos 10, 15 dias estão indicando chuva abaixo do normal em toda a área do Cone Sul. O mês de julho está terminando com chuva muito abaixo da média


Congelamento de água nos canos

Será necessário, ainda, atentar para o congelamento de água nos canos, principalmente nas cidades do Oeste, Meio-Oeste, Serras, Planaltos e parte alta da Grande Florianópolis.

A orientação é que a população proteja os canos que não estão enterrados e os hidrômetros que ficam mais expostos ao frio. A cobertura pode ser feita com lona, papelão ou jornal. Isso ajuda a evitar o congelamento da água e, também, a ruptura que a baixa temperatura pode provocar.

Os hidrômetros também devem receber o mesmo tipo de proteção, para evitar que o equipamento quebre com a pressão da água congelada.


Congelamento de rodovias

Conforme a Defesa Civil de Santa Catarina, com as baixas temperaturas também existe o risco de congelamento das rodovias. A PMRv (Polícia Militar Rodoviária) está reforçando o efetivo e colocando em prática a Operação Gelo na Pista.

Além disso, haverá pontos de apoio nas barreiras que serão instaladas nos postos policiais caso ocorra a necessidade de fechamento de rodovias.


Risco de ressaca e alagamentos costeiros

É importante destacar que existe também o risco de ressaca e alagamentos costeiros a partir de quarta-feira. Desta forma, a Defesa Civil estadual ressalta o risco de navegação de pequenas e médias embarcações e a necessidade de cuidados com apetrechos de pesca.


Riscos para produção rural e pesca

A agricultura, piscicultura e pecuária também pode sofrer graves impactos com a nova onda de frio intenso em Santa Catarina. A Epagri, em seu site, destacou alguns cuidados que serão fundamentais para cada tipo de cultura.

A partir desta quarta (28), há também riscos de ressaca e alagamentos costeiros no Estado. A Defesa Civil emitiu um alerta para as navegações de pequenas e médias embarcações e a necessidade de cuidados redobrados com apetrechos de pesca.



    Palavras-chave
  • Imbituba
  • Garopaba
  • Laguna
  • Imaruí
  • Paulo Lopes
  • Litoral
  • Sul
  • frio
  • neve
  • geada
  • polar
  • rajadas
  • vento
  • previsão
  • tempo
  • ressaca
  • polar
  • negativas
  • tempestade
  • SC
  • Santa Catarina
  • Tweet

As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 9 9115.3099
Inbox no Facebook

portalahora@gmail.com

Localização

Imbituba - SC Brasil