Publicidade


Notícias


Pesquise


À Flor da Pele: colunista Érika Bernardes reflete sobre a mudança de velhos hábitos e pontua: Artigos

À Flor da Pele: colunista Érika Bernardes reflete sobre a mudança de velhos hábitos e pontua: "Não caia na rotina, reaja!"

# por Érika dos Reis Bernardes 17-07-2021 há 4 mêses 1275

  • Tweet

Publicidade

NÃO CAIA NA ROTINA, REAJA!


Sabe quando você percebe que não está bem, e vem alguma situação ou pessoa que te faz acordar para vida? Certa vez, li um livro chamado O Segredo versão Teen, que falava sobre uma das mais incríveis Leis do Universo, a Lei da Atração. Neste livro dizia que todo e qualquer tipo de pensamento - voluntário ou não - de alguma forma voltava-se contra você.

Se você pensa consigo mesmo: “Eu não consigo cozinhar”, esta Lei faz com que você atraia pessoas que saibam cozinhar divinamente e te desmotivem ainda mais a cozinhar, é como se fosse uma situação para te colocar cada vez mais pra baixo. “Eu sou uma pessoa horrível”, aproximará pessoas incríveis que te farão pensar: “Eu nunca chegarei aos pés dessa pessoa”.

É mais ou menos isso que acontece, de acordo com o livro. Desde então, venho trazendo este livro como se fosse minha Bíblia Sagrada, as filosofias deste, me fazem querer crescer cada vez mais, para alcançar uma qualidade de vida excepcionalmente boa.

Mas não é sobre o livro que quero falar. 


Nestes dois últimos finais de semana não tive inspiração para escrever na coluna “À Flor da Pele” por certos fatores como desmotivação e ansiedade. Aqueles pensamentos negativos de estar sozinha e não me achar capacitada para fazer algo produtivo estavam tomando conta de mim, aprendi a sair dessa situação sozinha na terapia: fazer algo diferente para distrair-se dos pensamentos negativos e obsessivos, e acalmar os nervos para que não pensasse naquilo quando estivesse nervosa ou emocionada - e era exatamente isso que estava acontecendo. Pensei: vou fazer algo especial para mim, fui ao mercado comprar uma pizza e um vinho, para assistir séries e alimentar meu amor-próprio - que naquele momento parecia que eu não tinha.

Decidi fazer diferente, mesmo estando sensível, resolvi compartilhar com minha vizinha aquela pizza e aquele vinho. Dica do dia: não socialize e nem beba quando estiver sensível, é a pior coisa a se fazer. No final da noite, não deu outra: eu estava chorando e remoendo coisas que aconteceram a mil anos atrás! Coisas que consegui aprender a lidar na terapia, do nada, estava indo descarga abaixo.

Essa experiência me fez perceber que, novamente, eu estava desenvolvendo minha ansiedade. Nós devemos trabalhar instantaneamente a si próprios: acordar cedo para ter um dia mais produtivo, ter uma alimentação regulada, alimentar o intelecto com leituras produtivas e filmes diversos ou exercícios físicos, - afinal mente sã, corpo são - nunca cair na rotina, se acomodar. Ter pensamentos positivos, que não sejam para cobrar do Universo uma vida boa, mas sim pensamentos positivos para auto motivar-se.

Os pensamentos atraem energias que descarregam no seu corpo, você gostaria de ter coisas negativas no seu corpo? Não relaxe! Devemos nos policiar sempre, pois caso isso não aconteça, adoecemos mentalmente ou fisicamente, e até mesmo os dois. Sair de uma situação não depende dos outros, e sim de si próprio. Se você, leitor, está desmotivado ou está deprimido por alguma coisa ou situação, procure forças para fazer algo que alimente sua mente com endorfina - e não pense que drogas adiantarão, porque elas agem só no momento, mas atitudes saudáveis podem agir por muito mais tempo.

/


Seja uma pessoa ativa, pois atividades saudáveis fazem diferença em vários aspectos da vida: seu trabalho rende mais, você se sente mais animado e com mais motivação, o relacionamento com outras pessoas melhora - afinal, qual pessoa não gosta de estar do lado de gente animada e positiva?

Você nunca vai sair do lugar se depender exclusivamente de outras pessoas. Minha mãe tem um ditado que meu bisavô chamado Ulisses dizia: “Te cuida Licin, quem te quer bem é tu mesmo!” Viva pra você!


Sobre a Colunista


Sou Érika dos Reis Bernardes, – oiii – tenho 21 anos e sou uma "fisólofa" – isso mesmo que você leu, não é erro de digitação. Já que não tenho estudo acadêmico a ponto de filosofar como Platão, Aristóteles, entre outros filósofos, prefiro me enquadrar no senso comum de pessoas que dão pitaco em tudo. 

Uma ‘jovem adolescente’ que ama estudar seu próprio comportamento e que tem prazer em filosofar sobre a vida. Passou boa parte dos meus 21 pensando e aprendendo, principalmente no período em que lutava para me recuperar de um AVC ocorrido, em 2012, assim que cheguei a Imbituba, e, justamente, na escola, e que me acarretou em graves limitações físicas. Tive complicações como hidrocefalia e durante anos precisei reaprender a andar e a falar. 

Nas colunas, abordo assuntos que mexem com a cabeça de qualquer adulto: A MENTE DE UM ADOLESCENTE  E DO JOVEM, Nestes textos que escrevo semanalmente, trago a verdade nua e crua de um adolescente, mas de uma forma mais poética e dramática, típica do universo Teen. Mostro também minha visão de mundo, em relação a questões sócio culturais que nos atingem. Sem defender os jovens, mas também sem passar a mão na cabeça dos adultos.
Sim! Sou uma guria que recém saiu das fraldas que quer dar uma de "sabe tudo" no Portal! Talvez? Quem sabe? Quem sou? Pra onde vou? Quem fui? À Flor da Pele é, com toda certeza, o sinônimo de adolescência e juventude. Hormônios, vida, arte, drama, rock’n'roll, sexo, teorias, ideologias explodem na mente e no corpo dos jovens. Como saber lidar com tudo isso? Mostro o quão neutros precisam ser os pais nessa fase. E o quão conhecedores de si mesmos, os jovens precisam ser para passar por essa incrível saga.
    Palavras-chave
  • Érika
  • Bernardes
  • Flor
  • Pele
  • coluna
  • colunista
  • reflexão
  • rotina
  • velhos
  • hábitos
  • teen
  • preguiça
  • procrastinação
  • à flor da pele
  • Imbituba
  • Garopaba
  • Imaruí
  • Laguna
  • adolescência
  • Tweet
Atenção

As opiniões de nossos colunistas não expressam necessariamente a opinião do Portal AHora e são de responsabilidade dos mesmos. O espaço é aberto para a expressão pessoal, independentemente de credo, linha de atuação ou posição política, de acordo com a forma que cada um de nossos colunistas vê e sente o mundo.


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 9 9115.3099
Inbox no Facebook

portalahora@gmail.com

Localização

Imbituba - SC Brasil