Publicidade


Notícias


Pesquise


Com Jorginho, Itália vence Inglaterra nos pênaltis e é bi da Eurocopa; imbitubense se consagra levando Champions e Euro na mesma temporada Esportes

Com Jorginho, Itália vence Inglaterra nos pênaltis e é bi da Eurocopa; imbitubense se consagra levando Champions e Euro na mesma temporada

por Administrador 12-07-2021 há 4 mêses 1204

  • Tweet

Publicidade

Os ingleses cantam há mais de 20 anos "the football's coming home" (o futebol está indo para casa), mas vão ter que adiar o sonho novamente. Está indo para Roma. A Itália, do imbitubense Jorginho Frello, venceu a Inglaterra nos pênaltis após empate por 1 a 1 no tempo normal e na prorrogação e conquistou a Eurocopa 2020, em Wembley. Shaw fez gol relâmpago para os donos da casa no início do jogo, e Bonucci empatou na segunda etapa. Nas penalidades, Donnarumma brilhou mais uma vez, Jorginho desperdiçou sua cobrança, mas a Azzurra ergueu a taça novamente depois de quase 50 anos.

A Itália conquistou a Eurocopa pela segunda vez na história. O primeiro título foi em 1968. A Azzurra também teve dois vices, em 2000 e 2012. A Inglaterra disputou sua primeira decisão do torneio. Os italianos agora estão empatados com a França na segunda posição na lista dos maiores vencedores do torneio. Alemanha e Espanha, ambos com três taças, estão no topo. Veja a lista de campeões!


GOL RELÂMPAGO E DOMÍNIO ITALIANO

As esperanças da Inglaterra foram renovadas e ampliadas com apenas um minuto e 57 segundos de jogo. Em jogada iniciada por Kane, Trippier cruzou da direita, e Shaw apareceu na ponta esquerda de dentro da área para finalizar de primeira e marcar o gol mais rápido da história das finais de Euro. Mas foi só. Essa foi a única finalização inglesa até os 10 minutos do segundo tempo. A Itália teve mais posse de bola, mas também foi pouco agressiva na primeira etapa.

Na volta do intervalo, a final ganhou um pouco de emoção. Insigne e Chiesa obrigaram Pickford a fazer boas defesas aos 10 e 16 minutos. Donnarumma, por sua vez, só trabalhou em cabeçada de Stones. Aos 21, veio o empate. Após cobrança de escanteio de Emerson da direita, Verratti acertou a trave em cabeceio, e Bonucci empurrou para as redes: 1 a 1.

O domínio italiano seguiu nos minutos finais do tempo regulamentar com a postura retraída da Inglaterra. Em todo o jogo, foram 20 finalizações italianas contra seis ingleses, e 61% de posse de bola para a Azzurra. Mas a prorrogação foi de pouca intensidade. Nenhuma seleção conseguiu ameaçar o rival, e a decisão foi para os pênaltis.


O MELHOR DA EURO DECIDE

Nas cobranças de pênaltis, os dois goleiros brilharam. Donnarumma e Pickford fizeram duas defesas cada. Mas o italiano sorriu no final. Berardi, Bonucci e Bernardeschi converteram para a Azzurra. Kane e Maguire fizeram para a Inglaterra. Belotti e Jorginho pararam no goleiro inglês. Rashford mandou na trave, Sancho e, na última cobrança, Saka, viram o goleiro italiano brilhar. Donnarumma foi o herói da Itália novamente e foi eleito o melhor jogador da Eurocopa!

Gareth Southgate deixou para fazer duas substituições no último minuto da prorrogação. Os jovens Rashford e Sancho entraram na partida justamente para as cobranças de pênaltis. Mas não foram bem. O atacante do Manchester United, que é o batedor oficial da equipe inglesa, mandou na trave direita de Donnarumma. O novo jogador dos Diabos Vermelhos viu o goleiro italiano defender. Além deles, Saka errou no lado inglês.

Desde 1996, os ingleses embalam os jogos de sua seleção nas competições oficiais com uma canção chamada "Football's coming home" (o futebol está vindo para casa), da banda The Lightning Seeds. Desta vez, eles estiveram perto de cumprir o sonho. Mas não foi possível. E o zagueiro Bonucci não perdeu a chance de fazer uma provocação. Após o apito final, ele foi para a câmera e gritou: "It's coming Rome" (está indo para Roma, a capital italiana).


IMBITUBENSE E OUTROS BRASILEIROS CAMPEÕES

O lateral-esquerdo Emerson Palmieri, o zagueiro Rafael Tolói e o volante imbitubense Jorginho entraram na lista de brasileiros naturalizados que já foram campeões da Eurocopa. Palmieri e Jorginho, inclusive, estão em uma seleta lista de atletas campeões da Champions e da Euro na mesma temporada.


E SEGUE O JEJUM...


Até este domingo, a Inglaterra tinha um único título e uma única final disputada: a Copa do Mundo de 1966. Depois de 55 anos, a seleção inglesa conseguiu voltar a uma decisão, mas não conseguiu conquistar a taça. Com o vice da Eurocopa, o time britânico segue como a seleção com maior seca de títulos entre todos os campeões mundiais.

    Palavras-chave
  • Imbituba
  • Jorginho
  • Itália
  • Eurocopa
  • vence
  • Jorginho Frello
  • campeão
  • vence
  • final
  • Inglaterra
  • decisão
  • pênaltis
  • Frello
  • seleção italiana
  • Europa
  • Donnarumma
  • Wembley
  • Bonucci
  • Tweet

As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 9 9115.3099
Inbox no Facebook

portalahora@gmail.com

Localização

Imbituba - SC Brasil