Publicidade


Notícias


Pesquise


Na coluna Futebolando, a crônica: 'Sonho de um Menino' - Por Madison Martins Artigos

Na coluna Futebolando, a crônica: 'Sonho de um Menino' - Por Madison Martins

# por Madison Martins 07-07-2021 há 2 semanas 2543

  • Tweet

Publicidade

- Onde tu vai, menino?
- Vou jogar futebol, mãe.

E lá ia o garoto, correr atrás da bola. “Como é que gosta tanto?”, poderia perguntar alguém. É coisa de moleque. Todo moleque gosta de futebol. Mas esse era diferente, era especial.

E o menino foi correr pelos campinhos de terra. Pequeno, jogava no meio dos grandes. Nunca teve medo e nem respeito! Se deixasse, driblava sem dó e depois saia correndo, para não levar cascudo.

Era competitivo. Sempre foi. Participou dos torneios escolares jogando futsal. Era muito novo ainda. A camisa que ele usava ficava grande. Era até engraçado de ver. Mas, quando entrava em quadra, todos paravam de rir e ficavam maravilhados com a habilidade do moleque.

- Quero ser jogador de futebol.
- Claro que quer, meu filho. Todo garoto quer.

Mas ele queria muito. Foi para escolinha de futebol e lá se destacou. Claro que ia se destacar. Já falei que ele era diferente? Acho que já. Não faz mal.

A cidade onde nasceu ficou pequena para um sonho tão grande. E o menino foi embora para outra cidade. Não muito longe, dava pra ir de carro. Mas estava sozinho. Era ele e o seu sonho. Nunca pensou em desistir, apesar dos dias de solidão. 

Até que um dia apareceu uma oportunidade dele mostrar seu talento nos campos da Itália. Claro que ele foi. Se não tinha medo de driblar os grandes, vai ter medo de jogar bola na Europa? Foi mostrar seu talento onde o mundo inteiro poderia ver. 

Não foi fácil. Teve que provar para muita gente que ele era capaz. Batalhou, desceu um degrau, subiu dois, e, quando menos se esperava, já era titular absoluto de sua equipe e com ela chegou à elite do futebol do seu país. 

Em 2014, o texto acabaria por ai. Mas estamos falando de um menino especial. Já falei que ele era diferente? Era mesmo. E a história, que continua, prova isso.

Sonhava alto o menino. Não bastava a elite do país que adotou como seu, apesar de nunca ter esquecido suas origens. Queria mais. Queria o mundo.

Foi buscar na Inglaterra, país berço do futebol moderno, as mais altas conquistas do esporte que ele ama. Procurado por várias cores diferentes, escolheu o azul. A cor lhe caiu bem. A adaptação foi rápida. Logo viraria destaque. E viriam também os títulos.

O menino continuou caminhando. Queria o topo. 

- Qual é o maior campeonato do mundo? É esse que eu quero.
- É difícil, meu filho. Todo mundo quer. Mas é para poucos.

Mas ele queria muito. E vendo a história que já tinha escrito, era impossível duvidar. Com muita determinação, e sabendo do que era capaz, ele conseguiu. Estava entre os melhores. Seria hora de descansar, de comemorar. 
Não teve tempo. O país que ele adotou como seu o chamou. E ele atendeu o chamado. Por clubes, estava entre as estrelas. Conseguiria o mesmo feito entre seleções?

Seu destino era escrever a história. A história de um menino imbitubense chamado Jorginho. Brilhou no Napoli, onde foi aplaudido de pé pela lenda Maradona, conquistou a Champions League pelo Chelsea e está em uma final de Eurocopa. 
Humilde, talentoso, guerreiro e que nunca esqueceu suas origens e nunca desistiu de seus sonhos. Vai brilhar ainda mais. Ele é especial. Já falei que ele é diferente?
    Palavras-chave
  • Imbituba
  • Jorginho
  • Itália
  • italiana
  • menino
  • sonho
  • mãe
  • Chelsea
  • seleção
  • Itália
  • final
  • decisão
  • gol
  • imbitubense
  • Eurocopa
  • Itália
  • Champions
  • Liga dos Campeões
  • Europa
  • Tweet
Atenção

As opiniões de nossos colunistas não expressam necessariamente a opinião do Portal AHora e são de responsabilidade dos mesmos. O espaço é aberto para a expressão pessoal, independentemente de credo, linha de atuação ou posição política, de acordo com a forma que cada um de nossos colunistas vê e sente o mundo.


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 9 9115.3099
Inbox no Facebook

portalahora@gmail.com

Localização

Imbituba - SC Brasil