Publicidade


Notícias


Pesquise


Possibilidade de novo pico da Covid-19 em Santa Catarina em junho e julho preocupa secretários municipais de Saúde Saúde

Possibilidade de novo pico da Covid-19 em Santa Catarina em junho e julho preocupa secretários municipais de Saúde

por Redação 17-05-2021 há 1 mês 1047

  • Tweet

Publicidade

A possibilidade de uma nova onda de Covid-19 entre os meses de junho e julho no Estado está sendo motivo de preocupação entre os secretários municipais de Saúde.

O assunto também foi levantado pela Fiocruz, que alerta que a incidência da Covid-19 se mantém em um patamar elevado no Brasil, o que dá oportunidade para o surgimento de novas variantes do coronavírus e torna o risco de uma terceira onda ainda mais grave.

Segundo o presidente do Cosems (Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Santa Catarina), Daisson Trevisol, há uma grande probabilidade de isso acontecer.

“Estamos com um número de casos ativos extremamente alto, em torno de 20 mil no Estado, e mais de 90% de leitos de UTI ocupados, e estes são fatores extremamente preocupantes. Por isso, precisamos continuar fazendo todas as medidas sanitárias necessárias que são possíveis neste momento e evitar as aglomerações, principalmente”, afirma.

O Conselho de Secretarias Municipais de Saúde esteve reunido com o secretário estadual da pasta, André Mota Ribeiro, para definir alguns detalhes relacionados ao avanço do coronavírus no Estado, principalmente nas ações a serem tomadas, como vacinação e outros detalhes.

“A observada manutenção de um alto patamar, apesar da ligeira redução nos indicadores de criticidade da pandemia, exige que sejam mantidos todos os cuidados, pois uma terceira onda agora, com taxas ainda tão elevadas, pode representar uma crise sanitária ainda mais grave”, avaliam os pesquisadores da Fiocruz.

  

Números estaduais

O governo do Estado informou neste domingo (16) que há 928.160 casos confirmados de Covid-19 em Santa Catarina, dos quais 893.852 estão recuperados e 19.874 permanecem em acompanhamento.

Até o último Boletim, 14.434 óbitos foram causados pelo novo coronavírus. Em relação ao último boletim, divulgado no sábado (15), diminuiu em 662 o número de casos ativos e houve mais 31 óbitos. Aos casos confirmados se somaram 1.167, enquanto a estimativa de recuperados cresceu 1.798.

>>> Confira aqui o boletim diário deste domingo, 16 

 >>> Confira o detalhamento dos óbitos por data 

 >>> Saiba mais sobre as fontes e os conceitos dos dados

Todos os 295 municípios catarinenses já confirmaram ao menos um caso e 292 deles têm registros de óbitos. Há 210 municípios que não registraram óbitos nos últimos sete dias. Entre eles estão São Bento do Sul, Gaspar, Imbituba, Rio Negrinho e São Miguel do Oeste.

Estima-se que haja casos ativos em 282 municípios. Atualmente, a regional de saúde com mais casos ativos proporcionalmente à população é Meio-Oeste, com 726 para cada 100 mil habitantes. Em seguida, estão Alto Uruguai Catarinense (478) e Planalto Norte (438).

A taxa de ocupação dos leitos de UTI Adulto pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Santa Catarina é de 94,5%. Isso significa que, dos 1.529 leitos existentes no estado para adultos, 1.445 estão ocupados, sendo 957 por pacientes com confirmação ou suspeita de Covid-19.

    Palavras-chave
  • Imbituba
  • morte
  • covid-19
  • coronavírus
  • pandemia
  • Amurel
  • saúde
  • hospital
  • São Camilo
  • Laguna
  • HNSC
  • leitos
  • UTI
  • vagas
  • SC
  • Santa
  • Catarina
  • Tweet

As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 9 9115.3099
Inbox no Facebook

portalahora@gmail.com

Localização

Imbituba - SC Brasil