Publicidade


Notícias


Pesquise


Amurel segue em nível gravíssimo para covid-19 e Grande Florianópolis no Grave; Fronteiras estão fechadas para brasileiros em 80 países Saúde

Amurel segue em nível gravíssimo para covid-19 e Grande Florianópolis no Grave; Fronteiras estão fechadas para brasileiros em 80 países

por Redação 15-05-2021 há 1 mês 1996

  • Tweet

Publicidade

A Matriz de Risco Potencial divulgada neste sábado (15) pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) aponta que três regiões de Santa Catarina foram classificadas no patamar grave (cor laranja) e outras 13 na situação gravíssima (cor vermelha), incluindo a Amurel, para a transmissão da covid-19.

As regiões de Grande Florianópolis, Médio Vale do Itajaí e Nordeste foram classificadas como grave. A melhora ocorreu após duas semanas consecutivas sem alterações, onde apenas a região da Grande Florianópolis permanecia nesse patamar.

A exemplo da semana passada, a Grande Florianópolis não foi classificada em nível gravíssimo em nenhum dos quatro índices avaliados pela matriz: evento sentinela (elevação do número de óbitos); transmissibilidade (variação do número de casos); monitoramento (número de exames RT-PCR para Covid-19 processados pelo Lacen) e capacidade de atenção (ocupação dos leitos de UTI).

A única região avaliada com risco máximo em todos os quesitos foi a do Alto Vale do Rio do Peixe.

Fronteiras estão fechadas para brasileiros em 80 países na pandemia

E quem planeja viajar durante a pandemia precisa estar atento aos regramentos adotados no exterior para os viajantes oriundos do Brasil, país cujo governo federal não levou a sério o combate à pandemia. Devido a situação da pandemia e a propagação de variantes da Covid-19 na país, a entrada de brasileiros enfrenta nesta sexta-feira (14) algum tipo de restrição em pelo menos 80 países.

Os dados são da IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo). O órgão reúne as políticas de viagem adotadas nas diferentes nações. Os dados são atualizados periodicamente.

As proibição são diversas. Há países que adotaram regramentos mais radicais e suspenderam a entrada de todos os voos do exterior. É o caso, por exemplo, de países como a Noruega, Líbia e Argélia – para citar alguns.

Outros proíbem expressamente a entrada de voos brasileiros. Como a Bélgica, Áustria,  Panamá, Guatemala e Peru, Líbano, Jamaica, a título de exemplo. As nações que mais enfrentam restrições, além do Brasil, são o Reino Unido, Índia e África do Sul.

Governos de países como o Reino Unido, Itália e Estados Unidos barram passageiros que estiveram no Brasil durante as últimas duas semanas. Em outras nações, há uma lista que específica dos voos, conforme origem, que podem pousar – nas quais o Brasil poucas vezes se encontra.


Viagem restrita

Dentre os dez países mais visitados pelos brasileiros em 2019, a entrada é permitida apenas no Paraguai e México. Os outros países – EUA, Colômbia, Argentina, Itália, Espanha, Reino Unido, Peru e França – restringiram os voos brasileiros.

A América Central, que têm o turismo como principal atividade, é a região menos restrita. Países como Cuba, República Dominicana, Bahamas, Honduras, Costa Rica, entre outros, contam protocolos, mas não restringem por nacionalidade.

Os vizinhos sul-americanos, Chile, Venezuela, Peru e Argentina estão com restrições até dia 21, 18, 30 e 30 de maio, respectivamente. Dentre os que aceitam a entrada de brasileiros estão o Paraguai, Equador e Bolívia.


Outros países

Na África, a entrada de brasileiros enfrenta algum tipo de restrição nos seguintes países: Argélia, Líbia, Nigéria, Camarão, Sudão do Sul, Serra Leoa, Marrocos, Arábia Saudita, Omã, Turcomenistão e Azerbaijão. Já na América do Norte, além dos EUA, a entrada está proibida no Canadá.

Na Europa, a lista é mais extensa. Os seguintes países do continente antigo, incluindo o leste europeu, informaram algum tipo de restrição: Reino Unido, Noruega, França, Suécia, Finlândia, Itália, Grécia, Espanha, Portugal, Bélgica, Áustria, entre outros. Entre os países da Oceania, estão Austrália, Nova Zelândia, Papua Guiné.

Dentre os países do leste europeu, os brasileiros enfrentam algum tipo de restrição na Rússia, Polônia, Romênia,  Bulgária, Geórgia, Croácia, Turquia, Kosovo, Sérvia, Lituânia, República Tcheca, Cazaquistão. Já na Ásia: Japão, China, Coréia do Sul, Taipei, Indonésia, Malásia, Bangladesh, Filipinas, Mongólia, Vietnam, para citar alguns.


Como saber

O Itamaraty orienta os viajantes a consultar as informações mais atualizadas no site da IATA. O Itamaraty também contar com o Portal Consular, que apresenta  informações sobre as restrições vigentes a viagens internacionais. É importante ficar atento ao prazo das restrições.

Os dados apresentados nesta reportagem são referentes ao dia 14 de maio.

    Palavras-chave
  • Imbituba
  • Garopaba
  • Laguna
  • Imaruí
  • Santa Catarina
  • Estado
  • pandemia
  • covid-19
  • coronavírus
  • mortes
  • casos
  • gravíssimo
  • mapa
  • risco
  • entrada
  • países
  • brasileiros
  • fechada
  • viajar
  • Tweet

As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 9 9115.3099
Inbox no Facebook

portalahora@gmail.com

Localização

Imbituba - SC Brasil