Publicidade


Notícias


Pesquise


Longevidade: com vida repleta de alegria, imbitubense Maurilia Pires Augusto completa 100 anos! Parabéns pelo seu Centenário, dona Maurilia! Geral

Longevidade: com vida repleta de alegria, imbitubense Maurilia Pires Augusto completa 100 anos! Parabéns pelo seu Centenário, dona Maurilia!

por Administrador 04-04-2021 há 8 mêses 899

  • Tweet

Publicidade

No dia 04 de abril de 1921, nascia na comunidade de Guaiúba, à época pertencente à Laguna e hoje um bairro de Imbituba, a pequena Maurilia, caçula das mulheres dentre 11 irmãos. E a hoje moradora do Bairro Campo de Aviação cresceu com sua família em meio a muito trabalho e simplicidade e neste domingo ela comemorou seu centenário em grande estilo: rodeada virtualmente dos filhos, netos e bisnetos e demais familiares e amigos.

Seus pais tinham engenho de farinha, plantações de batata-doce, feijão, café, amendoim, entre outros produtos agrícolas. Os irmãos mais velhos foram para outras cidades ganhar o mundo e as mulheres ficaram em casa para ajudar na lida do dia a dia.

A pequena Maurilia não foi à escola, pois tinha que ajudar em casa com as outras irmãs. Nas folgas do trabalho, brincava de bandeirinha, pega-pega, de boneca feita de palha de milho, gomo da laranja virado, fazendo de conta que era peixe escalado, tomar banho na lagoa e tudo que a infância também poderia proporcionar naquela época.

Por volta dos seus nove anos, se considerava muito “andeja”, andava muito com mulheres adultas, que a levava para ajudar a vender produtos no centro de Imbituba. 

Era uma menina doce, as pessoas gostavam muito de tê-la por perto. Vendia chuchu, batata, palha de butiá e ate mesmo trocavam por outros produtos.

Maurilia lembra e vivenciou a revolta de 30, que passou por nossa região. Do alto dos seus 100 anos, ela fala dos canhões na praia do porto, de sua mãe e s crianças indo de canoa para a comunidade de Canguerí, em Imaruí, para se refugiarem.

Por volta dos 12 anos, foi para a cidade de Lauro Muller ajudar seu irmão Manoel, que trabalhava na mina. Todos os dias ia levar almoço para ele. Volta mocinha para Guaiuba, ajudando novamente sua família. Trabalhava também no engenho de farinha de mandioca, arrancando a rama, raspando, entendendo de todo o processo do engenho. 

Tinham cafezeiros, onde era muito legal quando iam apanhar café, varrer o cafezeiro e cantarolavam em versos bem rimados. Quando moça e preparada para os bailes e domingueiras, Maurilia já era bem faceira! Gostava de dança, paixão que cultivou até pouco tempo, e participava de ratoeira ao final das domingueiras, que era tradição açoriana. Ela se preparava bem para ter seus versos bem rimados e certeiros.

Teve alguns namorados, porém, aos 20 anos casa-se com Pedro Thomé Augusto, que na época tinha 25 anos. Pedro trabalhava no moinho no Porto.
Casaram-se e vieram moram em Vila Nova, hoje Campo de Aviação. Pedro já tinha um terreno e construiu uma casa e ali iniciaram suas vidas.

Maurilia casada, era do lar, cuidava da casa, criava galinhas, porcos, vaca, plantava e busca lenha. O marido depois de trabalhar no moinho no Porto de Imbituba, passou a trabalhar na Cerâmica na mesma cidade.

Teve nove filhos que os teve tudo de parto normal, realizado por parteiras da região e nunca sequer soube o que é ir ao hospital, graças a Deus! Criou seus rebentos com muita simplicidade e garra até ficar viúva aos 67 anos. Diante a sua terceira idade, se envolve com grupo de idosos em Vila Nova, onde participava ativamente. Viajou muito com o grupo para vários lugares do Brasil. Reavivou sua dança nos bailes de terceira idade, chegando a dançar até seus 90 anos.

                                          

Nos últimos anos vem comemorando cada ano que passa com muita alegria!
Passa horas contando histórias, causos, versos rimados, ditados e as orações antigas!


Atualmente, se reserva mais por casa com seus familiares, tendo hoje com ela sete filhos e dois adotivos, que são suas netas que criou como filha. Tem 27 netos, 55 bisnetos e 18 trinetos.
É a descendente de Açorianos da família Pires, com mais idade, lúcida e saudável, completando no dia 04 de abril de 2021, os seus 100 anos!!

Desejamos muita saúde à Dona Maurília! 
Parabéns pelos seus 100 anos, por sua simpatia e otimismo em sua vida!


Fotos e colaboração: Ronaldo Augusto Pires

    Palavras-chave
  • Imbituba
  • Campo de Aviação
  • Guaiúba
  • Dona Maurilia
  • centenário
  • 100 anos
  • Maurilia Pires Augusto
  • idosa
  • aniversário
  • saúde
  • alegria
  • otimismo
  • Ronaldo Pirtes
  • Rone
  • Roni Ronaldo
  • Tweet

As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 9 9115.3099
Inbox no Facebook

portalahora@gmail.com

Localização

Imbituba - SC Brasil