Publicidade


Notícias


Pesquise


Conheça Gabi Rosa, a menina de Imbituba que dá show de talento e simpatia nos campeonatos de surfe pelo Estado Esportes

Conheça Gabi Rosa, a menina de Imbituba que dá show de talento e simpatia nos campeonatos de surfe pelo Estado

por Administrador 22-10-2017 há 11 mêses 3661

  • Tweet

Publicidade

Tarefa escolar cumprida, cabaninha desmontada, bonecas guardadas, um “até mais” para as amiguinhas no celular, prancha nas mãos, parafina nela e “partiu Praia da Vila pegar onda com o papai”. 

Há um ano e meio, essa tem sido a rotina, pelo menos uma vez por semana, da garotinha Gabriela Timm Rosa, de apenas 8 anos. Desde que conheceu o mar e desceu uma onda, a pequena imbitubense apaixonou-se pelo surfe e hoje adora correr campeonatos interagindo com plateias.  


Atleta iniciante nas categorias de base do surfe feminino, a surpreendente Gabi Rosa já coleciona bons resultados em competições que culminaram inclusive em sua participação, ano passado, no Red Bull Hero Tour, em Floripa a convite do campeão mundial Adriano Mineirinho de quem é fã incondicional junto a Gabriel Medina. 

“Gosto de surfar porque desde que conheci o mar, me apaixonei. E logo depois experimentei a prancha do meu pai, daí mesmo que foi amor a primeira vista. Não importa as condições do mar, e me sinto segura quando estou com meu pai", afirma Gabi Rosa, que cursa a 3ª série primária.


Filha dos servidores públicos, Rodrigo Rosa e Aline Timm, Gabi, que também adora brincar de bonecas, conversar com amigas, fazer cabanas, andar de skate e praticar natação, já encanta a todos com sua simpatia e desenvoltura, nas águas e areias de Imbituba e região.

“A Gabi é apaixonada por surf, adora campeonatos e público. Ela começou a surfar no ano passado, em março, quando pediu para experimentar minha prancha na praia de Itapirubá. É gratificante vê-la surfar e por isso a levo pelo menos uma vez por semana. Ela pergunta: ‘qual dia vamos surfar?’. Treinamos em todas as nossas praias como Vila, Porto, Itapirubá, Rosa”, conta o pai. 


Ao lado de Rodrigo, que surfa amadoramente há seis anos e é seu maior incentivador no esporte; e da avó Madalena Farias Rosa, a vó Lena, que não perde um campeonato ou uma "surf session" (sessão de surfe) da netinha, capturando imagens; Gabi Rosa já participou de três etapas do Catarinense, onde, por não haver categoria para sua idade, compete na Feminino Open (Sub-12 ) e na Petiz, com meninos de até 10 anos. 

Assista ao vídeo de Gabi Rosa em ação:


“Pouco tempo depois de ela começar, já a levei para assistir a um campeonato na Praia da Vila e ela gostou, achou aquilo uma grande festa e pediu para participar. Agora, ela adora ouvir seu nome na locução dos campeonatos, e, ao final de cada onda, interage com as pessoas que estão na areia acenando. É uma menina muito carismática. Elogia inclusive, na água, a atuação dos outros atletas, é muito comunicativa”, relata o treinador.

Surfista Gabi Rosa e o pai e treinador, Rodrigo Rosa

No último Dia das Crianças, ela participou como convidada de um evento, um campeonato, no Farol de Santa Maria, em Laguna, onde ficou na 3ª colocação. No domingo seguinte, a surfista foi campeã da categoria Feminino Open, e vice na Petiz, em um campeonato no loteamento Dr. João Rimsa, em Vila Nova.

 

Surfista Gabi Rosa, Imbituba
Gabi Surfista com sua mãe, Aline Timm

Questionado quanto a uma possível preocupação com os perigos do mar, Rodrigo admite que ela existe, mas que toma todos  os cuidados necessários como utilizar o auxiliador de flutuação, não tirando o olho da filha um segundo sequer. 

“Tomamos precauções com os diferentes tipos  de mar. Procuro escolher o melhor dia para ela surfar, com condições favoráveis. Claro que a emoção e adrenalina são dobradas, pois passamos alguns ‘perrengues’ em mares difíceis, que assustaram fazendo-a  chorar, mas sempre a tranquilizei e nunca a deixamos exposta a perigos.  O surfe disciplina, e o contato com o mar melhorou muito sua saúde e crescimento”, lembra Rodrigo. 

 


Sobre a continuidade da carreira e uma possível profissionalização em alguns anos, o servidor público municipal  garante que não tenta de forma alguma exercer influência na escolha de Gabi. “Deixo na vontade dela, primeiramente penso no seu bem estar”. 


Já a menina, "do alto dos seus oito anos", afirma que ser surfista profissional está entre seus planos para quando crescer.  “Quero ser veterinária e surfista profissional”, elenca, sob o olhar atento de Rodrigo, que se lembra das dificuldades para manter a filha atuando, mesmo amadoramente, no esporte.

 
“Buscamos apoios ou patrocínios com empresariado e poder público, para ela poder participar de etapas fora do município. Quem quiser apoiar a Gabi e ajudar a fomentar o seu sonho, pode entrar em contato comigo pelo telefone (48) 99013396”, finaliza o pai e treinador da pequena joia do esporte.

    Palavras-chave
  • Imbituba
  • surfe
  • Gabi Rosa
  • Gabriela
  • surfista
  • talento
  • juvenil
  • petiz
  • 8 anos
  • Rodrigo Rosa
  • Aline Rosa
  • imbitubense
  • Garopaba
  • Laguna
  • Praia da vila
  • Tweet

Últimas Notícias


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 99115.3012
48 99998.8885
Inbox no Facebook

contato@portalahora.com.br

Localização

Imbituba - SC Brasil