Ernesto's Bar: Sou Dazaranha, eu confesso
Publicidade


Notícias


Pesquise


Ernesto's Bar: Sou Dazaranha, eu confesso Artigos

Ernesto's Bar: Sou Dazaranha, eu confesso

# por Teto Fenandes 30-09-2017 há 10 mêses 3053

  • Tweet

Publicidade

Por Teto Fernandes, direto do Ernesto's Bar


Saudações, amigos e leitores deste aprendiz de colunista. Moramos em um estado lindo. Santa Catarina reúne em uma distância de aproximadamente 1.000 Km, do litoral até o extremo oeste, quase tudo que o mundo apresenta de paisagens naturais. Do mar caribenho a neve dos Alpes.

Canyons americanos invejariam o verde dos nossos. Miami só ganha de Floripa no Marketing. E por aí vai. Eu tenho muito orgulho de viver aqui. Como músico, eu busco todos os dias inspirações para poder escrever músicas, e tenho como objetivo principal um dia conseguir encontrar letras e melodias que representem o lugar aonde vivemos, e principalmente as pessoas que aqui vivem. Porque todo lugar do mundo tem um som que melhor a representa.

Um dia chegarei lá, e poderei fazer o que já fizeram Expresso Rural, com seu "Rock Rural" lageano, serrano, lindo, como já fizeram o Grupo Engenho, dando aula de cultura ribeirinha-açoriana-ilhoa, bem como o nosso sagrado Jorge Coelho, imbitubense premiado e condecorado em grande parte do mundo por sua obra.

Todo lugar do mundo tem um som que melhor o representa. E tem uma banda, que consegue fazer tudo isso, e ainda ter um alcance e uma longevidade artística de dar inveja a artistas do mundo todo.

Tô falando do Dazaranha. O Daza ganha, a cada dia que passa, o respeito e o carinho de dezenas de pessoas que conhecem sua música. Seja pelas letras que falam de amor, geralmente encabeçadas por Chico Martins (ou pela guitarra que o "degaçado" toca), pelas letras de pura "psicodelia açoriana", escritas pelo poeta Moriel, ou pelo lindo Violino tocado pelo Fernando, diariamente mais e mais pessoas se rendem ao talento dos manezinhos.

Estes dias estive na gravação do DVD acústico deles, que contou com a participação de gala da Orquestra Cameratta, e fiquei mais uma vez emocionado com seu som. O público pegou o Dazaranha no colo, e tratou como seu grande amor.

E escrevo isso como alguém que ama essa banda. Confesso. O Daza tem SC nas mãos. Em breve, o Brasil. E tenho certeza que, estejam aonde estiverem, sempre que eu encontrá-los, eles vão dizer "quando deus coloca algumas pessoas pra morar numa praia linda que fica entre duas ilhas, ele deve amar muito estas pessoas".

Poesia pura falando de Imbituba. E é assim em todos os lugares que passam. A música do Daza me representa, e vou com eles aonde eu puder. Escutem Dazaranha. Apoiem o Daza! Apoiem nossos artistas. NOS APOIEM. Apoiem o que é nosso. Viva a cultura Catarinense!!!

Se chover:: Cama Brasileira - Dazaranha

Se der sol:: Salão de festa a vapor - Dazaranha

    Palavras-chave
  • Dazaranha
  • Teto Fernandes
  • cultura
  • músicos
  • açoriana
  • Chico Martins
  • Moriel
  • Cameratta
  • acústico
  • confesso
  • Tweet
Atenção

As opiniões de nossos colunistas não expressam necessariamente a opinião do Portal AHora e são de responsabilidade dos mesmos. O espaço é aberto para a expressão pessoal, independentemente de credo, linha de atuação ou posição política, de acordo com a forma que cada um de nossos colunistas vê e sente o mundo.


Últimas Notícias


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 99115.3012
48 99998.8885
Inbox no Facebook

contato@portalahora.com.br

Localização

Imbituba - SC Brasil