Publicidade


Notícias


Pesquise


8 anos de espera: Ex-funcionários da Cia Docas se reúnem com prefeito e vice de Imbituba por apoio no processo trabalhista contra o Estado Geral

8 anos de espera: Ex-funcionários da Cia Docas se reúnem com prefeito e vice de Imbituba por apoio no processo trabalhista contra o Estado

por Administrador 18-02-2021 há 1 mês 629

  • Tweet

Publicidade

O Prefeito de Imbituba, Rosenvaldo da Silva Júnior, e o vice-prefeito, Antônio Clésio Costa, se reuniram, na tarde desta quarta-feira (17), com representantes de ex-funcionários da extinta Companhia Docas e aposentados do Porto de Imbituba. Em pauta, o pedido de apoio do poder Executivo, nos processos que a categoria move contra a Cia Docas e SCPAR desde 2012.

Na época, com o fim da concessão de 70 anos, a Companhia Docas devolveu a administração portuária ao Governo Federal. Pouco tempo depois, a presidência da República repassou a administração do porto, através de delegação, ao Governo do Estado. Ricardo Vieira, representante do grupo que esteve na prefeitura nesta quarta-feira, mostrou documentos e um vídeo ao prefeito Rosenvaldo Júnior.

Segundo ele, antes da assinatura do convênio de delegação à SCPAR, ficou estabelecido pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), em cumprimento a lei, que os empregados seriam absorvidos em um quadro especial (até a aposentadoria) e a complementação dos aposentados seria mantida, como ocorre em 13 portos brasileiros.

“Em lei, para qualquer navio que atraca no Porto de Imbituba, um percentual de 5,5% da tarifa portuária é repassado para a complementação dos aposentados. Desde que a SCPAR assumiu a administração portuária, ela vem recolhendo essa tarifa e não repassando aos interessados (aposentados). Isso é apropriação indébita”, disse Ricardo Vieira.

Há oito anos, cerca de 120 famílias que aguardam pelo desfecho desse processo. Dos 70 ex-empregados, restam, somente, 25 à espera da reintegração. Já com relação aos aposentados, dos 50 que ingressaram com a ação, 24 já faleceram.

O grupo pediu o apoio do Poder Público municipal ao pleito. Rosenvaldo e Clésio garantiram que estão cientes da situação e que, nos próximos dias, irão pedir uma agenda com o Governador do Estado, Carlos Moisés da Silva, e tentarão, em Brasília, uma audiência na Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários (SNPTA). Na ultima semana, os portuários fizeram uma manifestação pacífica em frente à Câmara onde pediram e conquistaram o apoio dos vereadores de Imbituba. 

Na reunião na Prefeitura, também marcaram presença, o Procurador Geral do Município, Leandro Ribeiro, um representante dos sindicatos do setor portuário, o Secretário de Administração, Paulo Márcio de Souza, de Desenvolvimento Econômico e Turístico, Henrique Melo, de Desenvolvimento Urbano, Elísio Sgrott, bem como, o Chefe de Gabinete, Thiago Machado, e os vereadores, Renato Figueiredo e Eduardo Faustina.

    Palavras-chave
  • Imbituba
  • portuários
  • trabalhadores
  • Cia. Docas
  • Docas
  • ex-funcionários
  • Porto de Imbituba
  • SCPar
  • Governo
  • Estado
  • Federal
  • pagamentos
  • atrasados
  • indenizações
  • Prefeitura
  • Júnior
  • Tweet

As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 9 9115.3099
Inbox no Facebook

portalahora@gmail.com

Localização

Imbituba - SC Brasil