Publicidade


Notícias


Pesquise


Imbituba em Poesias: Aires Júnior brinda leitor com 2ª poesia de seu livro, lembrando os Índios Carijós, personagens históricos do município Cultura

Imbituba em Poesias: Aires Júnior brinda leitor com 2ª poesia de seu livro, lembrando os Índios Carijós, personagens históricos do município

# por Aires Antonio de Souza Junior 09-01-2021 há 2 semanas 744

  • Tweet

Publicidade

Prezado leitor, apresento para vocês a segunda poesia do meu livro, "Imbituba em poesias". Através desta coluna você terá a oportunidade de ler uma poesia do livro por semana. Após cinquenta semanas você terá lido todo o conteúdo da obra literária. Os 13 primeiros poemas são homenagens a personagens históricos do nosso município. 

Na semana passada começamos com a poema "Os Homens dos Sambaquis", que exalta os primeiros seres humanos que chegaram, entre 5000 a 8000 anos atrás, para habitar as terras onde hoje se localiza a nossa amada Imbituba. Entretanto, quando os homens brancos aqui chegaram, em torno de 500 anos atrás, os homens dos Sambaquis aqui não mais habitavam. 

Os primeiros europeus que chegaram na nossa região, em consequência de um naufrágio, se defrontaram com os índios Carijós, da grande nação Tupi-Guarani. Um povo educado e receptivo que já dominava a agricultura. A influência dos Carijós na nossa cidade pode ser percebida através da culinária e de várias palavras origem indígena usadas no nosso vocabulário.

Caso você queria adiantar a sua leitura e adquirir o livro ʺImbituba em Poesiasʺ, você poderá comprá-lo na "Banca do Maneca Café – Le Xande Barbearia", situada na esquina da rua Nereu Ramos com a rua Ernani Cotrin.

OS ÍNDIOS CARIJÓS

 

Cários, Cariós
Ou simplesmente índios Carijós.
 500 anos atrás
Eram eles que habitavam a nossa região
Sendo considerados
Os índios mais acolhedores da nação.
 
Quando os homens brancos na Zimba chegaram
Não havia mais por aqui
Os homens dos Sambaquis
Somente os índios Carijós
Da grande nação Tupi-Guarani.
 
Andavam nus ou seminus,
Adornados com penas
E plumas de animais
Ou com roupas feitas à mão
A base de algodão.
 
Suas casas de pau a pique
Eram cobertas com folhas de palmeiras.
Viviam em aldeias
E adoravam brincadeiras.
 
Cantavam e dançavam
Com instrumentos de sopro e percussão
Usavam brincos e colares
Em cerimonias de iniciação.
 
Dominavam a agricultura
Eram arqueiros excepcionais
Eficientes caçadores
Caçadores de animais.
 
Da mandioca produziam a farinha
Da farinha pães assados em folha de bananeira
Cultivavam e comiam aipim,
Cozido ou assado na fogueira.
 
Muitas palavras que hoje usamos.
São de origem Tupi:
 
Canoa, caboclo e capim!
Imbituba, Araçá, Araçatuba,
Mirim, Ibiraquera e Guaiuba!

Sobre Aires Junior

Aires Antonio de Souza Junior nasceu em Imbituba, Santa Catarina, em 29 de agosto de 1970.  Graduado em Odontologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).  É especialista em Odontopediatria pela Universidad de Concepcíon (Chile) e, em Ortodontia, pela FUNORTE (SOEBRAS). É Professor da Faculdade de Odontologia da UNISUL - Campus Tubarão-SC, desde 2014. 

Escritor, poeta, músico e compositor, gravou três de suas inúmeras composições no CD JAM, coletânea catarinense lançada em Florianópolis, no ano de 1995. Em 2008, lançou o CD Infantil “O Sapo Sorridente” - A Saúde Bucal Cantada em Músicas da Cantiga de Roda Brasileira", que vendeu mais de 4 mil cópias. Atualmente, lança suas novas produções musicais no YouTube.



É Membro da ALBSC/Imbituba, desde junho de 2018, ocupando a cadeira de número 31.     Em 2019, Aires lançou o seu primeiro livro, “Nadando em Águas Abertas – Explorando o Brasil” é foi um dos autores da “Antologia em Rimas, Versos e Prosas”, da ALBSC-Seccional de Imbituba. Em 2020, Aires lançou o livro "Imbituba em Poesias"        ʺIMBITUBA EM POESIASʺ é o segundo livro do escritor, compositor, músico e poeta imbitubense Aires Antonio de Souza Junior. 

Após lançar o livro ʺNadando em Águas Abertas – Explorando o Brasilʺ, o autor resolve diversificar e partir para o universo das poesias.     Nesta sua segunda obra literária, Aires realiza uma linda homenagem a sua cidade natal, ao escrever poesias em honra a personagens históricos de Imbituba, além de exaltar as principais praias, lagoas, ilhas, igrejas e trilhas da cidade, sem se esquecer do porto, da estrada de ferro e da Baleia Franca Austral, símbolos do brasão municipal.  Para finalizar, Aires expõe sua visão sobre a existência e o amor. São cinquentas poesias escritas por ocasião da celebração do aniversário de 50 anos do autor.    Em suas mãos, um livro que deveria fazer parte das obras literárias sugeridas a todos os alunos das escolas do nosso município; um livro que todos os imbitubenses deveriam ler.


    Palavras-chave
  • Imbituba em Poesias
  • Aires Junior
  • Aires Antonio de Souza Junior
  • livro
  • poesias
  • Imbituba
  • escritor
  • poeta
  • Portal AHora
  • AHora
  • índios carijós
  • nadando
  • sapo
  • índios
  • carijós
  • Tweet
Atenção

As opiniões de nossos colunistas não expressam necessariamente a opinião do Portal AHora e são de responsabilidade dos mesmos. O espaço é aberto para a expressão pessoal, independentemente de credo, linha de atuação ou posição política, de acordo com a forma que cada um de nossos colunistas vê e sente o mundo.


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 9 9115.3099
Inbox no Facebook

portalahora@gmail.com

Localização

Imbituba - SC Brasil