Publicidade


Notícias


Pesquise


Falta de tradução para surdos em debate da ACIM entre candidatos à prefeitura de Imbituba gera muita indignação e críticas a organizadores Geral

Falta de tradução para surdos em debate da ACIM entre candidatos à prefeitura de Imbituba gera muita indignação e críticas a organizadores

por Administrador 14-11-2020 há 5 mêses 1577

  • Tweet

Publicidade

A falta de acessibilidade na realização, por parte ACIM (Associação Empresarial de Imbituba), de um debate eleitoral entre os candidatos à prefeitura de Imbituba, na noite desta quinta-feira (12), no Imbituba Atlético Clube (IAC), causou muita indignação e tristeza em centenas de pessoas, principalmente nos surdos moradores de Imbituba. 

Isso devido ao evento público transmitido ao vivo  na página da entidade e por outra página de Facebook, não ter respeitado as leis de acessibilidade, a inclusão social, ao não oferecer tradução para libras, excluindo assim, totalmente, as pessoas surdas do município, a exemplo do que já havia ocorrido no evento promovido por uma rádio da cidade e publicado no Fecebook uma semana antes.

Desde a noite desta quinta-feira, centenas de pessoas, principalmente os portadores de surdez,  vem se manifestando nas redes sociais, com muitas críticas à ACIM e a outros organizadores.

Intérprete chegou a ser procurada por um dos organizadores dias antes do evento. Contudo, após a profissional passar o valor do trabalho, que é tabelado em todo o Brasil, o organizador teria condicionado a inclusão da tradução simultânea na transmissão à profissional conseguir patrocínios para ela mesma traduzir o evento, que foi explorado comercialmente e contou com diversos apoiadores financeiros, empresas da iniciativa privada.

Segundo estimativa da Federação Brasileira das Associações dos Profissionais Tradutores e Intérpretes e Guia-intérpretes de Língua de Sinais (Febrapils), no Brasil, há 10 milhões de surdos e cerca de 3 mil intérpretes de Libras. A Lei Brasileira de Inclusão, também chamada de Estatuto da Pessoa com Deficiência, de 2015, determina que a pessoa com deficiência deve ter direito à igualdade entre as demais pessoas em programas de televisão, cinema, teatro e outras atividades culturais. 

Peça publicitária do debate
"Nossa tabela tem valores referenciais, mas que podem ser negociados. Todos precisam entender que esse não é um trabalho voluntário e assistencial. O interprete estuda a vida inteira para ser um bom profissional. Traduzir português para libras ou vice versa não é igual para inglês. Precisamos também termos a profissão valorizada, principalmente porque os surdos são pessoas normais, só não ouvem. Não é qualquer um com curso básico de libras que vai traduzir um evento. Isso é fruto de anos de estudo profundo da parte linguística da comunidade surda. Precisa ter contato direto com essa comunidade, conhecer sua cultura, saber sobre L1 libras L2 português. Foi um desrespeito total com a comunidade", lamentou a intérprete.


Influenciadora digital surda, imbitubense Larissa Jorge lembra: "Estamos muito tristes, temos direitos iguais. Tenham empatia"

A influenciadora digital Larissa Jorge, de Imbituba, que é surda possui um canal com mais de 36 mil inscritos no YouTube onde publica tutoriais de maquiagem, informações sobre a surdez e o mundo surdo, entre outros assuntos, além de quase 12 mil seguidores no Instagram, foi uma das primeiras a se manifestar em suas redes sociais. A digital influencer reconhecida nacionalmente postou um vídeo em seu Instagram cobrando acessibilidade à entidade empresarial presidida por Adílson Silvestre.


Outro surdo imbitubense que se manifestou com tristeza e indignação foi Higor Alves.


Confira o que disseram, como se posicionaram os candidatos à prefeitura que participaram do debate sobre o desrespeito aos surdos: 

Posicionamento da coligação Imbituba no Caminho Certo:
 
"O que aconteceu foi uma situação triste e indelicada com toda a comunidade de deficientes auditivos da nossa cidade, de responsabilidade da organização e da empresa responsável pela transmissão do debate. Poderiam ter repassado esta dificuldade às coordenações de campanha, mas infelizmente a informação de que não haveria tradução só chegou a nosso conhecimento durante o debate. Na campanha da coligação Imbituba no Caminho Certo, na produção dos nossos vídeos e transmissões ao vivo tivemos este cuidado quanto à acessibilidade, em respeito a todos os eleitores. Foi um equívoco a organização não ter entrado em contato previamente com as coligações para debater esta questão".

Rosenvaldo Júnior, candidato a Prefeito (PSB/PP/MDB)


Posicionamento do PSDB, cuja candidata é Michela Freitas:

"O PSDB de Imbituba, vem por meio desta nota, demonstrar solidariedade aos deficientes auditivos e surdos de nossa cidade, em razão da não utilização de intérprete de libras no debate realizado na última quinta feira.
A inclusão Social é um dever da sociedade e um direito de todos."

Imbituba, 13 de novembro de 2020.
Júlio César F. Assis
Coordenação - PSDB de Imbituba.


Comentário do candidato Christiano Lopes (PSD) na postagem de Instagram de Larissa Jorge:

"@larissajorge Parabéns por defender essa causa tão importante. Realmente foi uma falha. Aliás, o tema “acessibilidade” deveria estar mais presente na campanha. Fiz reunião específica sobre o assunto, e a acessibilidade deixa muito a desejar em nossa cidade, infelizmente. Precisa ser um compromisso de todos, mudar essa realidade."


Tentamos contato com a candidata Tânia Ferreira (PT) e com a assessoria da candidata Adriana Lumma (PSL), mas elas não responderam à reportagem até a finalização desta reportagem.

Por meio de uma nota, a ACIM respondeu nosso questionamento desta forma: 

"O evento promovido pela ACIM, CDL, OAB e Observatório Social de Imbituba, e realizado pelo Núcleo Jovem da ACIM e pela Webtv Nosso Povo, contribuiu salutarmente para a dinâmica democrática em nossa cidade.

Entretanto, em razão de nossas limitações e restrições, não conseguimos disponibilizar o importante recurso de intérprete de libras, necessário à inclusão de pessoas com deficiências auditivas.  Esse público é merecedor de todos os esforços para superação de barreiras e dificuldades de comunicação em todos os momentos de suas vidas, especialmente nessa ocasião de exercício de sua cidadania. 

Por outro lado, lembramos que o próprio Facebook disponibilizou automaticamente o sistema de legendas durante a transmissão ao vivo. 

Entendemos que a plena democracia não admite exclusões. Por essa razão estaremos disponibilizando edição com legendas com a intenção de minimizar essa dificuldade, e reconhecendo a necessidade do importante  recurso de intérprete de libras nos próximos eventos.

Comissão Organizadora do Debate 2020".

    Palavras-chave
  • Imbituba
  • Acim
  • TV Nosso Povo
  • debate
  • candidatos
  • prefeito
  • IAC
  • Associação Empresarial
  • intérprete
  • surdos
  • Silvestre
  • acessibilidade
  • inclusão
  • tradução
  • libras
  • Larissa Jorge
  • Tweet

As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 9 9115.3099
Inbox no Facebook

portalahora@gmail.com

Localização

Imbituba - SC Brasil