Celesc vai destinar R$7 milhões para melhorias na rede elétrica do Litoral Sul de SC
Publicidade


Notícias


Pesquise


Celesc vai destinar R$7 milhões para melhorias na rede elétrica do Litoral Sul de SC Economia

Celesc vai destinar R$7 milhões para melhorias na rede elétrica do Litoral Sul de SC

por Redação 13-09-2017 há 11 mêses 802

  • Tweet

Publicidade

Para aperfeiçoar o atendimento a Garopaba, Laguna e Imbituba, a Celesc trabalha em um plano para melhorias no sistema local que tem sofrido, nos últimos dias, com os efeitos de uma quantidade incomum de salitre sobre os equipamentos. O plano de melhorias traçado pela Empresa inclui ações emergenciais e obras de ampliação do sistema. A previsão é de que até o fim de 2018 sejam investidos mais de  R$ 7 milhões na região.

Entre as medidas de urgência, adotadas para contornar os problemas causados pelo salitre, potencializado pelas condições climáticas reinantes, está a limpeza dos isoladores e outros equipamentos que compõem aquela rede elétrica, principalmente entre as subestações Imbituba e Garopaba. O trabalho é realizado nos trechos da rede mais próximos ao mar, onde o vento nordeste bateu forte nos últimos dias e aumentou a névoa salina (maresia), provocando passagem de corrente elétrica e, consequentemente, vários desligamentos do sistema. Os serviços estão sendo realizados sem desligamento, em regime de mutirão, com equipes de linha viva de Tubarão, Criciúma e Joinville.

Além da limpeza dos equipamentos, estão sendo realizados serviços de poda e roçada da vegetação, com equipes contratadas e próprias, no entorno da rede elétrica. Essa frente de trabalho terá continuidade até novembro em regime emergencial, com o objetivo de reduzir as chances de desligamento no verão.

Ainda na região de Jaguaruna, até o fim de outubro serão efetuadas melhorias em um dos ramais que interliga os alimentadores que atendem os balneários de Campo Bom e Arroio Corrente, com a instalação de mais um religador automático no local. O religador é um equipamento que permite a operação remota da rede, ampliando a confiabilidade do sistema e contribuindo para reduzir o tempo de desligamentos não programados.

A Celesc também está realizando serviço de  Termovisão nos alimentadores da rede que atende a região de Imbituba e Garopaba. A técnica permite, por meio da medição da temperatura dos equipamentos identificar se há algum dano, diagnosticado por “pontos quentes”, e prevenir possíveis defeitos.

Para a estação Verão, também serão contratadas quatro equipes extras de eletricistas para atuar nos municípios de Garopaba, Laguna, Imbituba e Jaguaruna, entre os meses de Dezembro/17 e Fevereiro/18.

MELHORIAS CONTINUAM EM 2018

Para melhorar de forma mais efetiva as condições de atendimento da região, a Celesc adotará ações para ampliar a capacidade instalada do sistema elétrico, que deverão ser concluídas até o fim do ano que vem.

EM GAROPABA:

- Ampliação da subestação 34,5 kV Garopaba a partir da instalação de um novo transformador com 9,4 MVA de potência e de mais um transformador com 26,6 MVA na subestação Imbituba que, juntos, devem aumentar em 75% a disponibilidade de energia para o município;

- Substituição de parte dos isoladores comuns existentes no alimentador IBA 07, que interliga a subestação Imbituba com a subestação Garopaba, por isoladores híbridos, à base de silicone e, por isso, mais resistentes à ação da maresia, característica da região litorânea.

- Troca de quase 20 km de cabos do alimentador (IBA 07) que atende a subestação de Garopaba, para aumentar sua confiabilidade e elevar em 50% a capacidade do transporte de energia; bem como de 5 km de cabo do alimentador (IBA 10) que atende parte da carga do município. A ação aumentará a confiabilidade do sistema, permitindo aumento da demanda e a manutenção da rede fora de temporada, sem prejudicar o abastecimento de energia na região.

EM IMBITUBA:

- Substituição de parte dos isoladores existentes por isoladores híbridos, em alguns alimentadores que saem da Subestação Imbituba.

EFEITOS DO SALITRE NA REDE DE ENERGIA ELÉTRICA

Em regiões próximas à costa, a associação da presença do salitre vindo do mar, ao vento nordeste e à falta de fortes chuvas, traz prejuízos à rede de energia elétrica. O salitre, tecnicamente chamado de névoa salina, é altamente danoso ao sistema elétrico porque age como condutor de energia, prejudicando o isolamento dos equipamentos.

Essa série de efeitos vem ocasionando danos na subestação de Imbituba, que abastece as subestações Laguna e Garopaba e vem provocando a interrupção no fornecimento de energia para os municípios de Imbituba, Imaruí, Laguna e Garopaba.

A Celesc mantém a manutenção constante do sistema, mas, nesta temporada, registra uma piora na situação, exatamente por conta das condições climáticas bastante desfavoráveis.

Em relação à nova subestação Garopaba:

A escritura de compra e venda do terreno para a SE Garopaba Encantada foi lavrada em 12 de setembro de 2011 no Tabelionato de Notas da Comarca de Garopaba/SC

Durante a fase de publicação do edital, em 2012, o Ministério Público Estadual se manifestou solicitando esclarecimentos acerca da licitação. Mesmo assim, o processo licitatório para construção do empreendimento não teve descontinuidade e os envelopes com as propostas foram abertos em maio daquele ano.

A intervenção do MP /SC foi motivada pela comunidade e lideranças políticas e empresariais da região, que não aprovavam o local definido para a construção da subestação. Até 2014, mesmo após várias reuniões entre a Celesc e representantes da comunidade, o impasse persistiu.

Em 2015 e 2016, com apoio da Prefeitura Municipal, a Celesc passou a procurar um novo local para construção da subestação. Após avaliar as opções, foi encontrado um terreno às margens da SC-434, cujo proprietário, com algumas condicionantes, aceitaria fazer uma permuta com o terreno da Celesc no bairro Encantada. Porém, a negociação não foi concluída porque nem todas as condições puderam ser garantidas antes da definição do projeto executivo.

Diante deste novo impasse, a Celesc estudo projeto para ampliação da nova Subestação ao lado da existente. No entanto, para isso será necessário adquirir um terreno contíguo à área da Subestação Garopaba, mas o preço proposto pelo proprietário está muito acima do valor de mercado. Desta forma, a construção da Subestação continua inviabilizada.

De qualquer forma, é importante destacar que as obras previstas para 2018 vão garantir o atendimento adequado à população.


    Palavras-chave
  • Celesc
  • subestação
  • Imbituba
  • Garopaba
  • investimento
  • linhas
  • apagão
  • falta de manutenção
  • Tweet

Últimas Notícias


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 99115.3012
48 99998.8885
Inbox no Facebook

contato@portalahora.com.br

Localização

Imbituba - SC Brasil