Publicidade


Notícias


Pesquise


Imbitubenses estão entre os finalistas do Prêmio Jabuti, o Oscar da literatura nacional e de maior destaque na América Latina Cultura

Imbitubenses estão entre os finalistas do Prêmio Jabuti, o Oscar da literatura nacional e de maior destaque na América Latina

por Administrador 23-10-2020 há 1 mês 2472

  • Tweet

Publicidade

O Prêmio Jabuti divulgou, nesta quinta (22), os finalistas de cada uma das 20 categorias da sua 62ª edição e dois jovens imbitubenses figuram na lista e podem conquistar o prêmio mais importante da literatura brasileira e de maior destaque na América Latina. O escritor Matheus de Souza e a roteirista e desenhista Fefê Torquato figuram entrem os 10 finalistas de suas categorias no prêmio que é considerada uma espécie de Oscar da literatura nacional.

Matheus concorre na categoria Economia Criativa com seu primeiro livro: “Nômade Digital”. Já Fefê disputa no quesito Melhor História em Quadrinhos, com “Tina: Respeito”, na qual a imbitubense dá vida à personagem Tina, da Turma da Mônica, para a Maurício de Souza Produções (MSP).

Prêmio é organizado pela Câmara Brasileira do Livro com o propósito de premiar os melhores livros brasileiros publicados em 2019 em diferentes categorias de quatro eixos - Literatura, Ensaios, Livro e Inovação.

 Ao todo, o Jabuti recebeu nesta edição, 2.599 inscrições, número 20% maior do que a edição de 2019. São 200 finalistas, de 117 selos editoriais e ainda 10 autores independentes. A lista, além dos imbitubenses, traz também medalhões como Chico Buarque, Nélida Piñon, Ruy Castro, Martinho da Vila, Ailton Krenak e Sidarta Ribeiro. A segunda lista, com os cinco finalistas em cada categoria será divulgada no dia 5 de novembro no site do prêmio. Já os vencedores e o ganhador do Livro do Ano serão anunciados cerimônia de premiação on-line, que será transmitida ao vivo nas redes sociais da CBL, no dia 26 de novembro.


Fefê Torquato reinventou a história da personagem Tina, da Turma da Mônica

A obra "Tina: Respeito" foi lançado em 2019 pela editora Graphic MSP. Fefê Torquato reinventou a história da personagem Tina, da Turma da Mônica, habilmente, transformando a personagem em uma jovem jornalista em seu primeiro trabalho numa redação contemporânea. A história trata do assédio, um tema presente na vida de muitas mulheres em ambientes corporativos e eleva o debate sobre a importância de entender o assédio como uma forma dominante da sociedade ao longo da história. 

Responsável por outros quadrinhos independentes, antes de dar vida à Tina, a imbitubense ganhou maior destaque na mídia quando fez Gata Garota, pela Nemo, em 2015. Em 2018, ela já foi selecionada e participou Bienal de Quadrinhos, realizada no Museu Municipal de Arte (MuMA) de Curitiba, no Paraná.

"Gente, nunca desenhei tão rápido na minha vida, mas a Tina é uma das finalistas do Prêmio Jabuti! Estou até mole aqui, mas muito feliz! Eu tinha esperanças, mas saber que é um fato, é chocante! E tem muito quadrinho excelente, então não sei qual a minha chance de ganhar, mas poxa, que maravilhoso! Já vou fazer uma medalhinha 'diy' com essa vitória de ser finalista", brincou Fefê, em suas redes sociais, após saber que estava entre os finalista dos Prêmio Jabuti.


Matheus de Souza - Nômade Digital: um guia para você viver e trabalhar como e onde quiser

Já Matheus conta que sua paixão pelos livros surgiu na época da faculdade. O escritor é bacharel em Relações Internacionais. O jovem de Imbituba lançou seu livro em 2019 e já está em produção a obra “Passageiro”, que é uma coletânea com crônicas de viagens, que deve sair na metade de 2021. O imbitubense já visitou diversos países. Para ele, a notícia foi uma surpresa. 

Em Nômade Digital: um guia para você viver e trabalhar como e onde quiser, Matheus de Souza mostra o passo a passo para aqueles que estão pensando em abandonar a vida de escritório. Desmistificando o estereótipo de “mochileiro itinerante”, o autor revela como se preparar para viver todos os lados desta jornada: o lado glamouroso das viagens e experiências exóticas e também o lado das dificuldades em lidar com orçamentos apertados, contratempos, trabalho remoto, além de surpresas nada agradáveis.

"Em 2013, aos 24 anos, criei meu blog e comecei a compartilhar algumas reflexões por lá. Em 2015, comecei a escrever no LinkedIn, ganhei uma certa visibilidade na rede e, em 2018, recebi a proposta da Autêntica, uma das maiores editoras do Brasil, para escrever o livro”, conta Matheus.

Um ponto que surpreende são os vários tipos de nômades apresentados por Matheus, desde os “lobos solitários” até pessoas que viajam com seus animais de estimação. Nômade Digital deve ser lido como um guia de referência, escrito por quem pratica o que fala – além de ser, atualmente, a maior autoridade sobre o tema no Brasil.

“Foi um choque, para ser sincero. Eu sequer sabia que estava concorrendo ao prêmio – são as editoras que inscrevem os livros. O Prêmio Jabuti, escritores do calibre de Rubem Fonseca, Dalton Trevisan, Raduam Nassar, Fernando Sabino, Luis Fernando Veríssimo e Fabrício Carpinejar já venceram. O Jabuti é algo que, como escritor, sempre esteve no meu horizonte, mas nem nos meus melhores sonhos imaginava que seria finalista já com o meu primeiro livro. É realmente surreal! Ser escritor no Brasil é uma luta diária, então, ser reconhecido por isso, é incrível", relata o escritor.



    Palavras-chave
  • Imbituba
  • imbitubenses
  • imbitubense
  • escritor
  • quadrinista
  • Prêmio Jabuti
  • Matheus de Souza
  • Fefê Torquato
  • Nômade Digital
  • Tina: Respeito
  • Tina
  • Turma da Mônica
  • quadrinhos
  • Tweet

As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 9 9115.3099
Inbox no Facebook

portalahora@gmail.com

Localização

Imbituba - SC Brasil