Publicidade


Notícias


Pesquise


De bois vivos à celulose: Porto de Imbituba diversifica cargas e vem atraindo operações que movimentam seus três cais Economia

De bois vivos à celulose: Porto de Imbituba diversifica cargas e vem atraindo operações que movimentam seus três cais

por Administrador 16-06-2020 há 1 mês 1348

  • Tweet

Publicidade

Realidade do último ano, o Porto de Imbituba segue batendo recordes em embarques de granéis sólidos e como de costume está bastante movimentado nos últimos dias, realizando operações de cargas variadas para diversos destinos. 

Celulose, gados vivos, contêineres, minério de ferro, soja, açúcar, farinha de milho, óleo de soja e coque são alguns dos exemplos de cargas que vêm sendo movimentadas pelo porto imbitubense, que até bem pouco tempo era muito lembrado somente pelo embarque de grãos como soja e milho.

Nesta terça-feira (16), por exemplo, a SCPAR Porto de Imbituba realiza uma operação que vai exportar 15 mil toneladas de celulose da empresa goiana Eldorado para a China, no navio SAGA FALCON, que é especializado no transporte de carga geral e que está atracado no cais 2. A exportação da celulose é o segundo embarque de um projeto que busca tornar esta operação frequente no porto. O carregamento é finalizado pelo Terminal de Carga Geral da Santos Brasil.

Nesta segunda-feira (15), desatracou do Cais 3 em direção à Venezuela o navio HONG KONG SPIRIT, carregado de cerca de 10,2 mil toneladas de comidas em big bags (bolsas grandes) contendo farinha de milho, açúcar e óleo de soja. A operação também foi realizada pela Santos Brasil e coube a Sagres fazer o agenciamento do navio. A Sanry Ceralista foi o cliente e operador logístico retroportuário do embarque.

Já na última semana, o cais 3 do Porto de Imbituba atendeu o navio LILY OLDENDORFF para embarque de 31,5 mil toneladas de coque para os Estados Unidos - Porto de Lake Charles. Construído em 2017, o cargueiro navega com bandeira de Malta e possui 181m de comprimento (LOA) e 30m de largura. A operação foi realizada pela operadora Imbituba Logística Portuária (ILP) e a Simonsen Agency fez o agenciamento do navio.

Desde 2012, o Porto de Imbituba é administrado pelo Estado de Santa Catarina, através da SCPAR Porto de Imbituba, estatal subsidiária da holding SCPAR, braço empreendedor do estado catarinense. “Estamos alinhados com o governo do estado para propiciar o desenvolvimento econômico sustentável, buscando constantemente melhores condições comerciais para os empreendedores, trabalhadores e a sociedade. Diante desta e das demais conquistas que estamos registrando juntamente à comunidade portuária, vemos dia a dia o cumprimento de nossa missão enquanto estatal de qualificar o Porto de Imbituba para operações cada vez mais eficientes”, avalia Jamazi Alfredo Ziegler, diretor-presidente da SCPAR Porto de Imbituba, autoridade portuária.

Características como a facilidade de acesso ao Porto, com uma ampla bacia de manobras, e a profundidade nos cais têm contribuído para o recebimento e envio de navios com maior capacidade de cargas. Além disso, a flexibilidade operacional e o baixo tempo de espera para atracação são alguns dos excelentes diferenciais do Porto no atendimento às necessidades do mercado.

    Palavras-chave
  • Imbituba
  • SCPar Porto de Imbituba
  • cargas
  • variadas
  • Estado
  • Moisés
  • navios
  • recordes
  • governador
  • SC
  • histórico
  • minério de ferro
  • coque
  • celulose
  • presidente
  • Jamazi
  • Ziegler
  • Tweet

As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 9 9115.3099
Inbox no Facebook

portalahora@gmail.com

Localização

Imbituba - SC Brasil