Publicidade


Notícias


Pesquise


PC de Imaruí prende, escondido em sítio, foragido pelo latrocínio da jovem Mariah, morta com tiro no rosto em 2006 no Kobrassol Segurança

PC de Imaruí prende, escondido em sítio, foragido pelo latrocínio da jovem Mariah, morta com tiro no rosto em 2006 no Kobrassol

por Administrador 16-08-2017 há 9 mêses 8025

  • Tweet

Publicidade

A Polícia Civil, por intermédio do Setor de Investigação Criminal da Delegacia de Imaruí, após investigações, localizou e prendeu em um sítio no município, no fim da tarde desta terça-feira (15), o latrocida, foragido da Justiça, Alexandre Aguiar, 32 anos de idade. Xandinho, como é conhecido no mundo do crime, é condenado a 23 anos de prisão pelo latrocínio (roubo seguido de morte) contra uma estudante de 21 anos, em 2006, no Bairro Kobrasol, em São José.

Devido à brutalidade do crime, o caso ganhou repercussão estadual e Xandinho foi preso no mesmo ano. No entanto, ele recebeu liberdade no mesmo dia, por meio de um recurso judicial. Em 2009, o criminoso foi preso novamente, mas foi liberado em 2013 por meio de um habeas corpus. Posteriormente, a Justiça expediu um novo mandado de prisão, o qual só foi possível cumprir nesta terça-feira, quase quatro anos depois da saída dele, e 11 anos depois do crime.

O criminoso estava residindo com familiares no sítio na localidade de Fazenda São Paulo, próximo ao Portal de Entrada de Imaruí, onde foi monitorado e preso pelos investigadores em uma operação que contou também com o apoio da Policia Militar de Imbituba. Xandinho foi recambiado ao Presídio onde permanece à disposição da Justiça.


Brutal: Tiro no rosto da jovem, antes das 22h, em rua movimentada do Kobrassol, chocou o Estado

Xandinho estava envolvido no assalto que resultou na morte da universitária de Medicina (UFSC), Mariah Ghizoni Vieira, 21 anos, na noite de quinta-feira do dia 2 de março de 2006. O crime aconteceu por volta das 21h50, no bairro Kobrasol, em São José, na Grande Florianópolis.

Baleada com um tiro no rosto, a jovem morreu minutos depois no hospital. Mariah e o namorado de 30 anos, que haviam voltado do cinema, conversavam no carro, na frente da casa da jovem, na Rua Ademar da Silva, no Kobrasol, quando ocorreu o crime.

O casal foi abordado por dois homens armados, que ordenaram que saíssem do veículo. Os assaltantes entraram no carro e, na fuga, um deles disparou um tiro, que atingiu o rosto de Mariah. O projétil ficou alojado na cabeça.

Os pais da universitária teriam ouvido o disparo e, ao olhar para saber o que havia ocorrido, viram a filha ferida na calçada. Mariah foi levada para o Hospital Regional de São José, mas não resistiu, enquanto recebia procedimentos na sala de reanimação.

O namorado, em estado de choque, também foi levado para o hospital. O carro roubado, um Fiat Marea com placas São José, na época, foi encontrado escondido ao lado de uma casa de madeira, sob cobertores, na comunidade Frei Damião, em Palhoça. 


Disk-Denúncia: Ajude a combater a incidência de crimes em Imaruí e região

Colabore com a Polícia Civil. Por meio de um canal de comunicação anônimo, a comunidade pode ajudar a combater a incidência de crimes em Imaruí. Ligue 181 e faça sua denúncia anônima. O sigilo é garantido e todas as informações são checadas.




    Palavras-chave
  • Imaruí
  • Civil
  • Xandinho
  • sítio
  • escondido
  • Mariah
  • Kobrassol
  • Tweet

Últimas Notícias


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 99115.3012
48 99998.8885
Inbox no Facebook

contato@portalahora.com.br

Localização

Imbituba - SC Brasil