Publicidade


Notícias


Pesquise


Maré Seca muda cenário  da região e causa transtornos à população de Imbituba Geral

Maré Seca muda cenário da região e causa transtornos à população de Imbituba

por Administrador 13-08-2017 há 1 ano 8397

  • Tweet

Publicidade

Quem esteve em praia, rio ou lagoa do Litoral Sul catarinense neste fim de semana viu cenários diferentes por causa de dois fenômenos climáticos: "Ressaca" seguida da “Maré seca”. Em Imbituba, Laguna e Garopaba, por exemplo, depois de subir bastante o mar recuou cerca de 50 metros. 

O nível do rio D'una, onde é realizada a captação de água para a região, baixou drasticamente e, até a Lagoa Mirim, como se vê na parte do Porto da Vila, teve uma mudança drástica no cenário com as margens secas até o cais, onde normalmente se tem um nível de água de mais de 1,5 metros. 

Também foram registrados ventos de até 60 quilômetros por hora. Também conforme a Defesa Civil, com o avanço da frente fria pelo Sul do Brasil, este padrão deve mudar completamente. A virada no tempo no Planalto Sul e Litoral Sul catarinense aconteceu na madrugada e manhã deste domingo (13), com a chegada de chuva, risco de temporais, rajadas de vento e granizo isolado. 

Em Imbituba, onde os fortes ventos causaram estragos, a drástica baixa no nível do Rio D'una compromete o fornecimento de água no município, prejudicado desde a tarde deste sábado, e nas cidades vizinhas. Preocupado com a situação, o prefeito Rosenvaldo Júnior chegou a fazer um apelo à população. 

"As tendas que serviam de abrigo provisório aos usuários dos ônibus foram arrancadas e serão recolocadas assim que os ventos calmarem. Mas, o mais preocupante é que o nível de água no Rio D'Una baixou muito.  A captação está interrompida e estamos já sem água nos reservatórios da cidade. Nossas equipes estão trabalhando para restabelecer a captação, que só estará completamente normalizada quando o tempo melhorar. Por isso é importante que todos procuremos economizar água, para reduzirmos os transtornos. 


O fenômeno não foi apontado na previsão para o fim de semana, que dava conta apenas que haveria ressaca na costa do Estado. Ele ocorre devido aos ventos de Nordeste que sopram no litoral do Estado carregando as águas do oceano. Como a Terra gira em torno de si mesma, essas águas são desviadas para a esquerda do vento no hemisfério Sul, fazendo com que o mar literalmente recue, causando maré seca nas praias, principalmente nos horários de maré astronômica baixa.

De acordo com a Defesa Civil, o fenômeno de ‘maré seca’ não é anormal, já tendo sido verificado em outras vezes. Segundo o climatologista Márcio Sônego, da Epagri de Urussanga, trata-se de um fenômeno natural, mas bastante curioso. “Na plataforma Norte do Rincão, a Epagri tem um marégrafo, que mede a maré no balneário, e, hoje, o aparelho registrou marcas abaixo do que estamos acostumados mesmo. A ressaca virou vazante, com mar agitado, mas recuado”, destaca Sônego.


Fotos: Rosinete Luiz













    Palavras-chave
  • Maré seca
  • Imbituba
  • Rio Duna
  • Lagoa Mirim
  • Porto
  • Praia
  • Tweet

Últimas Notícias


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 99115.3012
48 99998.8885
Inbox no Facebook

contato@portalahora.com.br

Localização

Imbituba - SC Brasil