Publicidade


Notícias


Pesquise


Bem abaixo do esperado: Safra da tainha termina pior que em 2018 e pescadores artesanais ficam no prejuízo em Santa Catarina Economia

Bem abaixo do esperado: Safra da tainha termina pior que em 2018 e pescadores artesanais ficam no prejuízo em Santa Catarina

por Administrador 01-08-2019 há 8 mêses 473

  • Tweet

Publicidade

A safra 2019 da tainha em Santa Catarina se encerrou nesta quarta-feira (31) e os lanços ficaram aquém das expectativas iniciais, trazendo prejuízos para pescadores artesanais e à economia catarinense. O principal motivo apontado pelos pescadores para o fracasso foram as condições climáticas. 

A expectativa da Federação dos Pescadores do Estado de Santa Catarina (Fepesc) no início da temporada era de uma das melhores safras da história, fazendo uma projeção de capturar 2,5 mil toneladas de tainha com a pesca artesanal.

Após um início fraco da safra, a expectativa foi reduzida para 2 mil toneladas. Agora, com o final do período, o resultado foi decepcionante para os pescadores artesanais. Apenas 1.157 toneladas de tainha foram capturadas, ficando abaixo inclusive dos números de 2018, quando foram capturadas 1,2 mil toneladas e já foi considerado um ano fraco.

Para Ivo da Silva, presidente da Fepesc, 2019 sem dúvidas foi uma das piores safras de todos os tempos, mas se houve algo de bom nesta temporada, foi a melhor distribuição dos peixes.

“É uma avaliação razoável, apesar do número abaixo da expectativa foi uma pesca pulverizada, que atendeu a maioria das comunidades de Santa Catarina. Os lanços não se concentraram em um único lugar como tradicionalmente acontece na Barra da Lagoa, Bombinhas, praia do farol de Santa Marta e Passo de Torres. Além desses lugares tradicionais ocorreram bons lanços também em , São Francisco do Sul, Camboriú, Palhoça, Garopaba e Imbituba”, explicou Silva.

Em 2019, o local onde ocorreram mais lanços e se capturou a maior quantidade de tainhas foi Florianópolis. Na Capital destacam-se as praias da Lagoinha, Ingleses, Barra da Lagoa e Praia Brava. Bombinhas e Laguna, no farol de Santa Marta, também foram locais onde ocorreram bons lanços.

Com os números de captura tendo ficado bem abaixo do esperado, muitos pescadores relataram prejuízos. Proprietários de peixarias também se queixaram.

Para o presidente da Fepesc, os pescadores foram os mais afetados porque apostaram na temporada, uma vez que a expectativa era alta. Os pescadores artesanais investiram, por exemplo, em pequenos barcos e esses recursos não foram recuperados.

    Palavras-chave
  • Imbituba
  • Laguna
  • Garopaba
  • Palhoça
  • Florianópolis
  • Bombinhas
  • pesca
  • temporada
  • tainhas
  • tainha
  • fraca
  • prejuízo
  • pescadores
  • toneladas
  • lanços
  • lanço
  • lagoa
  • praia
  • barra
  • farol
  • Tweet

As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 9 9115.3099
48 9 9998.8885
Inbox no Facebook

portalahora@gmail.com

Localização

Imbituba - SC Brasil