Publicidade


Notícias


Pesquise


Greve em Imaruí: Professores e outros servidores paralisam serviços e protestam na prefeitura por reajustes atrasados e piso do magistério Educação

Greve em Imaruí: Professores e outros servidores paralisam serviços e protestam na prefeitura por reajustes atrasados e piso do magistério

por Administrador 09-07-2019 há 1 ano 2452

  • Tweet

Publicidade

Com apitaço, faixas e gritos de ordem, cerca de 40 professores, agentes educadores, merendeiras, motoristas e outros servidores da Educação do município de Imaruí cruzaram os braços nesta terça-feira (09) e realizaram uma grande manifestação em frente à Prefeitura.

Os trabalhadores cobraram do prefeito Rui José Candemil Jr. (PSD) reajustes salariais acumulados e a implementação do Piso Nacional do Magistério aos professores, promessa de campanha do gestor que já comanda o município há dois anos e meio.    

A paralisação, que teve também a adesão de merendeiras, agentes educadores e motoristas do município, categorias que também reivindicam reajustes salariais, afetou quase todas as unidades de ensino, deixando centenas de alunos sem aulas. Apesar da situação delicada, de acordo com os manifestantes, o Prefeito sequer chamou os servidores para conversar. 

Segundo o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Imaruí, Evaldo da Silva, a paralisação nos serviços prossegue nesta quarta-feira (10) e poderá se transformar em estado de greve caso a categoria não seja chamada para negociação e tenha suas reivindicações atendidas. 

Com gritos de “chega de esperar, reajuste já”, professores, merendeiras, motoristas e demais servidores da educação, que há pelo menos dois anos não tem reajustes salariais reais incorporados, marcharam pela cidade e durante todo o dia se concentraram entre a Prefeitura, Câmara de Vereadores e Secretaria Municipal de Educação, cujas sedes dos órgãos são separadas por uma rua, em pleno centro da cidade.

Com a promessa da adesão de ainda mais professores e novas categorias, os servidores públicos, que no mês passado chamaram a reportagem do AHora para revelar a situação (Clique aqui para assistir a reportagem em vídeo), novamente se reúnem na manhã desta quarta-feira em frente ao Sindicato, para irem agrupados, com apitaço, faixas e gritos, manifestando até o Paço Municipal, onde irão protestar contra o que chamam de “descaso total com a Educação" por parte do Prefeito. 

Vale lembrar que os manifestantes garantiram que só irão retornar ao trabalho, só não entrarão em estado greve por tempo indeterminado se as quatro categorias de servidores públicos tiverem seus pleitos atendidos pelo poder público.

A reportagem do Portal AHora tentou contato com Rui José Candemil Jr. Por meio de sua assessora de imprensa, mas como em outras vezes, não obteve êxito em ouvir o lado do gestor e, com isso, novamente profissionais, pais e alunos ficam sem respostas, valorização, aulas e trabalho.

"Hoje, praticamente todas as escolas ficaram paradas no dia de hoje, quase todos os funcionários estiveram conosco aderindo ao movimento que irá continuar até que recebamos o pessoal da prefeitura para conversar. Já temos uma comissão formada por representantes de cada classe para negociação. Enquanto não houver algum acordo, o movimento continua”, frisou Silva, representante dos trabalhadores municipais.

    Palavras-chave
  • Imaruí
  • professores
  • merendeiras
  • motoristas
  • paralisação
  • detonam
  • prefeito
  • Rui
  • José
  • Candemil
  • Júnior
  • PSD
  • reajuste
  • salarial
  • câmara
  • greve
  • aulas
  • alunos
  • Evaldo
  • Silva
  • Tweet

As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 9 9115.3099
Inbox no Facebook

portalahora@gmail.com

Localização

Imbituba - SC Brasil