Publicidade


Notícias


Pesquise


Conquistas: Vila Nova chega a um ano de administração provisória com reformas, saúde financeira e já mira sócios e eleição da nova diretoria Geral

Conquistas: Vila Nova chega a um ano de administração provisória com reformas, saúde financeira e já mira sócios e eleição da nova diretoria

por Administrador 16-06-2019 há 1 mês 614

  • Tweet

Publicidade

Após uma longa crise financeira e sem atividades sociais e esportivas, acarretando dívidas que quase o levou à falência, o tradicional Vila Nova Atlético Clube (V.N.A.C.), de Imbituba, completou, neste mês, um ano de administração provisória com muito a comemorar, prestes a recuperar a saúde financeira, o quadro de sócios e finalmente realizar as eleições, democráticas, de sua nova presidência e diretoria. 

Segundo os administradores provisórios, Mário de Souza Batista Júnior e Luiz Melo Pires, nos últimos 12 meses o clube quitou quase 3/4 das dívidas, voltou a realizar eventos, regularizou alvarás e documentos e, nesta semana, obteve mais uma importante conquista para a agremiação de mais 70 anos de fundação.

“Realizamos diversos eventos na área social como o aniversário do Vila e bailes, e na esportiva com amistosos contra os másters de Avaí e Criciúma. Também quitamos mais da metade da dívida do clube e regularizarmos a situação do estádio e da sede social. Conseguimos, finalmente, informatizar a Secretaria e nesta semana a sede esportiva, que foi recuperada e ganhou espaço para os troféus, recebeu uma nova pintura e depois de mais de 20 anos está totalmente regularizada com todos os alvarás”, relata Mário Júnior.

Nos seus 70 anos de existência, o V.N.A.C. formou grandes equipes no futebol amador, proporcionou memoráveis eventos como shows, formaturas, danceteria, bailes de carnaval e de debutantes, o clube novamente conta com a ajuda de alguns membros do conselho deliberativo para realizar as eleições e voltar a proporcionar lazer à comunidade do Bairro Vila Nova e simpatizantes.

“Tudo isso aconteceu, graças a Deus, tendo o esforço em conjunto com conselheiros, sócios e colaboradores do Vila Nova Atlético Clube. Esperamos finalizar este trabalho com êxito para revivermos, juntamente com a sociedade vilanovense, nossos melhores momentos e, com a saúde financeira em dia e com novos sócios, proporcionarmos tantos outros, adequando nosso amado clube à modernidade, aos novos tempos e demandas”, projeta Luiz Pires. 


Administradores provisórios do Vila, Mário Júnior e Luiz Pires

Depois do Avaí, Másters do Vila recebem os ex-craques do Criciúma em tarde de festa e goleada 

No sábado (09), o Vila Nova realizou outra inesquecível confraternização em seu estádio. Depois de receber os ex-craques do Avaí F.C, clube reuniu vários ex-jogadores que fizeram parte de suas glórias para outro amistoso de luxo: desta vez contra os másters do Criciúma Esporte Clube. 
O Tigre trouxe ao ótimo gramado do João Rimsa jogadores do quilate do atacante Dauri (ex-Grêmio, Inter, Botafogo, Criciúma e futebol português), Everaldo, Caio, Sílvio Laguna e  Edvílson e jogadores diversos atletas que ainda atuam em clubes amadores na região. Em campo, uma goleada por 6 x 1 para os criciumenses. Ao final da partida, um delicioso jantar foi servido aos atletas e diretores dos dois clubes, em clima de muita amizade, respeito e admiração pelos craques do passado.
Os másters do Vila foram representados por  Genival, Rui, Vá, Zezinho, Gílton, Gian, Pêpo, Cesinha, Clebinho, Siri, Cadinho, Schumacher, Fabrício Colorau, Carlinhos, Marcos Batatinha, Mário Júnior, Pochota e Curinga. 


Os anos difíceis

De 2016 a 2018, o Clube não realizou eleições e, sem diretoria social e esportiva constituída, atos e eventos sem a fiscalização do conselho deliberativo ocasionaram a intervenção na justiça. O longo período desativado ainda enfraqueceu projetos, koiperdeu apoio do poder publico e da iniciativa privada como a do seu principal projeto no esporte, a escolinha de futebol que revelou vários atletas para as categorias no futebol do clube como a revelação de Jorginho Frello e outros atletas para o futebol profissional.

Segundo Mário Junior a desistência do quadro de sócios-pagantes aconteceu nos últimos 15 anos desde a sua última alteração estatutária, realizada em 2002, sendo a maior perda da história do clube. “Quando eu e o seu Luiz testemunhamos tantas irregularidades, sem realização das eleições para o biênio 2016/2018, como também a falta de prestação de contas e reconhecimentos de várias dívidas de IPTU e coleta de lixo, procuramos apoio jurídico para nos conceder junto à justiça a administração provisória do clube”.

Hoje, o clube ainda não possui nenhum sócio em dia e o único evento regulamentar de arrecadação para que consiga arcar com as despesas é o Bailão do Villa, além das cessões das sedes social e esportiva.

    Palavras-chave
  • Imbituba
  • pintura
  • sede
  • dívidas
  • alvarás
  • eleições
  • Vila
  • Nova
  • Criciúma
  • master
  • Atlético
  • clube
  • amistoso
  • Mário
  • Júnior
  • Luiz
  • Pires
  • Dauri
  • Sílvio
  • Laguna
  • Jorginho
  • Frello
  • Tweet

Últimas Notícias


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 9 9115.3099
48 9 9998.8885
Inbox no Facebook

contato@portalahora.com.br

Localização

Imbituba - SC Brasil