Publicidade


Notícias


Pesquise


Com foco nas causas femininas, advogadas estreiam coluna no AHora - Confira as boas-vindas das 'Jurídicas' Artigos

Com foco nas causas femininas, advogadas estreiam coluna no AHora - Confira as boas-vindas das 'Jurídicas'

# por Cynthia Medina Teixeira Tsaldaris & Bruna Maria Kieling Brochado 17-02-2019 há 3 mêses 1107

  • Tweet

Publicidade

Boas-vindas das Jurídicas! 

É com imensa satisfação que hoje retomamos as atividades da coluna de conteúdos jurídicos do Portal A Hora.  O ano de 2019 começa com essa grande oportunidade e esperamos responder à altura.  

Antes de apresentarmos esse novo projeto, faremos uma breve apresentação sobre nós. Nossos nomes são Bruna Maria Kieling Brochado e Cynthia Medina Teixeira Tsaldaris. Somos parceiras no escritório Kieling & Tsaldaris Advogadas Associadas e, também, dividiremos espaço nessa coluna intitulada “Jurídicas”.   

Bruna é Bacharela em Direito pela Universidade Feevale e atua nas áreas Cível, Trabalhista e Previdenciária. Cynthia é graduada em Direito pela Universidade Luterana do Brasil. É pós-graduanda em Direito Civil com ênfase em Família e Sucessões pela Escola Verbo Jurídico e atuante na Advocacia para Causas Femininas. 

Nossa parceria surgiu no início de 2018 e desde então prestamos serviços jurídicos nas áreas cível, criminal, trabalhista e previdenciária.  

No final do ano passado, em razão das inúmeras demandas que chegavam ao escritório, decidimos inovar e criar um setor de atendimento especializado para mulheres. As causas femininas sempre existiram, mas nem sempre foram recepcionadas pela sociedade e pelo Poder Judiciário. Percebemos que as mulheres, independente de qual for a sua dúvida ou dor, seja um caso de violência sexual ou a simples falta de segurança ao assinar um contrato, precisam e merecem um local onde se sintam respeitadas, representadas e compreendidas. Assim, através do trabalho e especialização da Dra. Cynthia e da vasta experiência da Dra. Bruna, que durante a sua graduação foi bolsista e desenvolvia trabalho social no projeto NADIM (Núcleo de Atendimento aos Direitos das Mulheres) da Universidade Feevale, nos tornamos o primeiro escritório da região com atendimento voltado às necessidades do público feminino. 

Para exemplificar a importância do Direito das Mulheres e de uma especial atenção à causa, utilizamos os dados recentes da Secretaria de Estado da Segurança Pública de Santa Catarina que constatou um aumento de 75% nos feminicídios entre 1 de janeiro e 11 de fevereiro de 2019 comparado ao mesmo período do ano passado. Isso nos faz pensar que, apesar de toda atenção que o tema tem tido e de toda a fala ressaltando a importância da igualdade e do respeito, mais mulheres têm sido mortas pelo simples fato de serem mulheres.
No ano de 2018, o Estado de Santa Catarina registrou média de mais de 3 feminicídios por dia, uma taxa bem alta que demonstra que ainda precisaremos bater muito da 'tecla' da violência contra a mulher, que, na maioria dos casos, começa com discussões, humilhações e ameaças dentro dos lares e, por causa do infeliz ditado que diz que 'em briga de marido e mulher não se mete a colher', chega ao ponto mais e alto e mais triste que são os assassinatos de pessoas do sexo feminino, que fazem vítima não somente a mulher, mas famílias inteiras.

Pode-se falar, ainda, nos crimes sexuais, desigualdade salarial, mulher no mercado de trabalho e tantos outros temas que iremos abordar ao longo das próximas colunas, além de temas que sejam interessantes aos nossos leitores e leitoras.

A ideia da coluna e dos nossos textos é levar conteúdo jurídico com linguagem acessível ao público e, desta forma, promover o conhecimento de diretos e deveres dos cidadãos, além de realizar análises sobre os fatos cotidianos que envolvam a matéria. Os textos serão publicados aqui, nesta coluna, semanalmente.

Esperamos que o conteúdo por nós elaborado seja de relevância e para isso contamos com sugestões, críticas e apontamentos por parte dos leitores, o que poderá ser feito através de contato direto conosco ou em forma de cometários nas redes sociais do Portal A Hora e pelo e-mail portalahora@gmail.com.

    Palavras-chave
  • Jurídicas
  • mulher
  • violência
  • direito
  • advogadas
  • Kieling
  • Tsaldaris
  • Kieling & Tsaldaris
  • mulheres
  • agressões
  • feminicídio
  • Garopaba
  • Imbituba
  • Imaruí
  • Paulo Lopes
  • Laguna
  • Tweet
Atenção

As opiniões de nossos colunistas não expressam necessariamente a opinião do Portal AHora e são de responsabilidade dos mesmos. O espaço é aberto para a expressão pessoal, independentemente de credo, linha de atuação ou posição política, de acordo com a forma que cada um de nossos colunistas vê e sente o mundo.


Últimas Notícias


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 99115.3012
48 99998.8885
Inbox no Facebook

contato@portalahora.com.br

Localização

Imbituba - SC Brasil