Publicidade


Notícias


Pesquise


Corpo da transexual Sheilla Bombom é encontrado por mergulhadores no rio Tubarão próximo ao terminal urbano  Segurança

Corpo da transexual Sheilla Bombom é encontrado por mergulhadores no rio Tubarão próximo ao terminal urbano

por Redação 23-01-2019 há 4 semanas 1947

  • Tweet

Publicidade

Após três dias de buscas, o Corpo de Bombeiros encontrou o corpo da transexual Sheilla Prado, de 28 anos.

A transexual, que era conhecida também pelo nome social de Sheilla Bombom, estava desaparecida desde o meio-dia do último domingo, quando foi vista caindo da ponte do Morrotes, no bairro Oficinas, onde residia. O corpo foi encontrado entre a ponte do Morrotes e a passarela próxima ao terminal urbano, no Centro da cidade, por volta das 10h desta terça-feira (22).

Nesta segunda, a Polícia Civil descartou que a morte da transexual pudesse ter sido um crime. O caso passou a ser tratado como suicídio. Pessoas próximas à mulher disseram que ela estaria sofrendo ameaças no dia dos fatos, e teria sido perseguida e se jogado na água para fugir. Porém, a hipótese não foi confirmada pela polícia.

De acordo com a Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (Dpcami) de Tubarão, “não há elementos que comprovem que ela sofria alguma ameaça que tivesse provocado a sua morte, o que caracterizaria crime e aí sim, seria investigado pela delegacia especializada".

A MORTE DE SHEILLA BOMBOM

Por volta do meio-dia do último domingo (20) populares viram uma pessoa cair do parapeito de uma ponte em Tubarão. Segundo eles, a vítima seria uma mulher que caiu ou teria se jogado de cima da ponte do Morrotes, que cruza o bairro Oficinas, na Cidade Azul, e tão logo caiu, afundou nas águas do Rio Tubarão.

Durante a tarde, amigos e familiares de Jair Cruz Neto, 28 anos, transexual da cidade de Laguna conhecida como Sheilla Prado ou também pelo nome social de Sheilla Bombom, procuraram a polícia e informaram que a pessoa desaparecida seria mesmo Sheilla que recentemente havia sido eleita Miss Trans Porto Alegre, na capital gaúcha.


Os familiares informaram também que ela dizia estar sofrendo perseguições por conta de dívidas.

Sheilla residia no bairro Oficinas, em Tubarão e, segundo testemunhas, no momento da fatalidade ela estava nas proximidades da rótula do Morrotes, por volta do meio-dia quando se assustou, entregou alguns objetos para uma mulher que estava ao seu lado e correu em direção à Ponte, caindo nas águas do rio e sendo levada pela correnteza.

Uma associação nacional em defesa dos transexuais emitiu nota onde afirmam que a transexual estava sendo atormentada por um cafetão que atua na região da rodoviária de Tubarão por conta de uma dívida que ela havia contraído com ele. O cafetão, inclusive, segundo o relato, já havia enviado à casa dela um travesti, ameaçando-a, na semana anterior. Sheilla chegou a registrar um Boletim de Ocorrência acusando o mandante de extorsão. 

    Palavras-chave
  • Buscas
  • Corpo
  • Bombeiros
  • transexual
  • Sheilla
  • Bombom
  • ponte
  • rio
  • Tubarão
  • Oficinas
  • encontrado
  • ponte
  • Morrotes
  • Tweet

Últimas Notícias


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 99115.3012
48 99998.8885
Inbox no Facebook

contato@portalahora.com.br

Localização

Imbituba - SC Brasil