Publicidade


Notícias


Pesquise


QUANTO VALE A VIDA?: Mãe que queimou e enterrou feto de sete meses é condenada a um ano e meio  “em regime aberto” por aborto Segurança

QUANTO VALE A VIDA?: Mãe que queimou e enterrou feto de sete meses é condenada a um ano e meio “em regime aberto” por aborto

por Redação 30-11-2018 há 1 semana 223

  • Tweet

Publicidade

A mãe que queimou e enterrou o feto de 7 meses foi condenada por um Júri Popular, por aborto, a detenção de 1 ano, 6 meses e 20 dias. A mulher também foi condenada por ocultação de cadáver e a pena é de reclusão em regime aberto. O júri popular aconteceu nesta quinta-feira (29) no Fórum de Capivari e foi presidido pela juíza Rachel Bressan Garcia Mateus.   

O crime que chocou a região aconteceu em 14 de maio de 2009. Um morador da cidade, Geraldo Rocha, cuidava de uma horta quando encontrou o corpo da criança, parcialmente carbonizado, dentro de uma caixa de sapatos.

O feto era um menino, e foi encontrado junto a entulhos e lixo. Na época, quem encontrou o corpo da criança foi Geraldo Rocha.

Naquele dia, ele contou que a criança ainda estava com os restos da placenta e com o cordão umbilical enrolado em uma toalha. Geraldo informou também, à época, que, um dia antes teria visto uma mulher colocando fogo em alguns objetos aos fundos do terreno, onde o feto foi encontrado, e, por isso, não suspeitou do que pudesse estar ocorrendo.

Em maio deste ano, o caso completou nove anos. A condenada por aborto foi identificada cerca de cinco meses depois do crime. Ela foi então indiciada por aborto e respondeu ao inquérito em liberdade.

    Palavras-chave
  • Mãe
  • feto
  • 7
  • meses
  • enterro
  • Júri
  • Popular
  • aborto
  • condenação
  • regime
  • aberto
  • Tweet

Últimas Notícias


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 99115.3012
48 99998.8885
Inbox no Facebook

contato@portalahora.com.br

Localização

Imbituba - SC Brasil