Publicidade


Notícias


Pesquise


Proposta prevê quatro novas praças de pedágios no trecho Sul da BR-101, duas delas em Laguna e Tubarão, com previsão de cobrança de R$ 3,98 Geral

Proposta prevê quatro novas praças de pedágios no trecho Sul da BR-101, duas delas em Laguna e Tubarão, com previsão de cobrança de R$ 3,98

por Administrador 18-10-2018 há 4 semanas 4623

  • Tweet

Publicidade

O prefeito de Laguna, Mauro Candemil (MDB), participou nesta quarta-feira (17) da audiência pública em Florianópolis que debateu sobre o leilão e a concessão do trecho Sul da BR-101 à iniciativa privada. A ação do governo Temer (MDB) deverá custar, segundo a proposta inicial da ANTT,  nada menos do que quatro novas praças de pedágio no trecho, uma delas em Laguna. A previsão é que o valor cobrado em cada uma seja de R$ 3,98.

Na proposta inicial da ANTT foram definidas quatro praças de pedágio: Laguna, Tubarão, Araranguá e São João do Sul, no trecho a ser concedido, que tem 220,42 km de extensão e passa também pelos municípios de Paulo Lopes, Garopaba, Imbituba, Capivari de Baixo, Jaguaruna, Criciúma e Sombrio. 

O encontro discutiu os termos dos editais que devem ser lançados pela ANTT. Segundo o órgão, serão debatidas as minutas do contrato de exploração e dos estudos de viabilidade.

O empreendimento prevê que as empresas licitadas empreendam R$ 6,5 bilhões no trecho, sendo R$ 2,9 bilhões em investimentos e R$ 3,6 bilhões em custos operacionais, nos 30 anos de duração da concessão. A previsão é que o leilão ocorra no 3º trimestre de 2019.

Candemil explicou que em Laguna a praça de pedágio que deverá ser implantada será na região de Nova Fazenda. "Na ocasião fiz defesa oral pela manutenção de uma praça em Laguna, construção de marginais de Bentos à Itapirubá, melhoria do trevo de acesso em Laguna e inclusão nos pedágios do custo de iluminação da Ponte Anita Garibaldi, trevo, túneis e passarelas", explicou.Os estudos indicam que devem ser gerados 1.540 empregos, sendo 1.030 diretos e 510 indiretos. O retorno para a sociedade, segundo a ANTT, será a geração de R$ 574 milhões em impostos ao longo 30 anos, R$ 23 milhões em pesquisas de desenvolvimento tecnológico e R$ 13 milhões em programas de segurança de trânsito.

Nesta quinta (18), o tema voltou a ser debatido na segunda audiência pública, às 14 horas no Sisos Hall, em Criciúma. A terceira audiência pública sobre a concessão e exploração da BR-101 no trecho sul será realizada em Brasilia no dia 22 de outubro.

    Palavras-chave
  • pedágio
  • praças
  • cobrança
  • dinheiro
  • motoristas
  • pagar
  • trafegar
  • concessão
  • privatização
  • Laguna
  • Imbituba
  • Tubarão
  • Garopaba
  • Paulo Lopes
  • Capivari
  • Jaguaruna
  • Araranguá
  • Temer
  • Tweet

Últimas Notícias


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 99115.3012
48 99998.8885
Inbox no Facebook

contato@portalahora.com.br

Localização

Imbituba - SC Brasil