Publicidade


Notícias


Pesquise


Investigadores da Polícia Civil solucionam diversos crimes ocorridos na região entre eles três tentativas de homicídio Segurança

Investigadores da Polícia Civil solucionam diversos crimes ocorridos na região entre eles três tentativas de homicídio

por Administrador 19-09-2018 há 3 semanas 954

  • Tweet

Publicidade

A Polícia Civil de Laguna, por intermédio da sua Divisão de Investigação Criminal (DIC), solucionou diversos crimes ocorridos entre os meses de julho e setembro através de seus investigadores.

ASSALTO AO MERCADO POUCO PREÇO (LAGUNA)

O primeiro aconteceu na madrugada do dia 2 de julho quando dois indivíduos armados e encapuzados roubaram R$ 500 do caixa do estabelecimento.

A dupla, um deles menor de idade fugiram para Palhoça e posteriormente para a cidade de Maravilha, no Oeste catarinense, onde foram presos pela equipe de investigação da Polícia Civil daquela comarca, após representação policial realizada pelo titular da Divisão de Investigação Criminal de Laguna.

ASSALTO À LANCHONETE IMPÉRIO LANCHES (PESCARIA BRAVA)

No dia 5 de julho outra ocorrência de roubo mobilizou os agentes da DIC de Laguna, desta vez em Pescaria Brava. Um homem por volta das 23h30 daquele dia roubou um aparelho celular Samsung, modelo J5 e R$55,00. O assaltante era responsável por ter praticado no mínimo outros três roubos em Pescaria Brava, Capivari de Baixo e Tubarão e já se encontrava preso por conta dos demais crimes.

ASSALTO À PANIFICADORA EM LAGUNA

No dia 24 de julho, dois bandidos armados com revólver e faca renderam um funcionário do Panifício Trigo Mania, localizado no bairro Barranceira, em Laguna. Por volta das 18h15 eles entraram no estabelecimento e roubaram o dinheiro do caixa.

As investigações policiais evidenciaram, ainda, que outro indivíduo também havia participado do crime, ao servir como piloto de fuga de um veículo Gol de cor bordô, que ficou com o carro ligado à espera dos demais comparsas que realizavam o roubo. Os dois criminosos foram presos e alegaram que “cometeram o crime porque estavam precisando de dinheiro”. O terceiro assaltante não foi localizado.

Delegado Bruno Fernandes - Foto: Elvis Palma/Laguna

TENTATIVAS DE HOMICÍDIO EM LAGUNA LIGADOS AO TRÁFICO

Uma tentativa de homicídio atendida pela Polícia Militar de Laguna, na madrugada do dia 19 de agosto, foi investigada pela DIC, quando um homem foi esfaqueado na Rua Júlio Maurício, localizada no bairro Progresso, nas proximidades da padaria Gisele. A vítima levou facadas no abdômen e só sobreviveu graças ao rápido atendimento do Samu.

Os investigadores identificaram o responsável pelo crime que era um conhecido traficante da região conhecida como Malvina. Ele foi preso e encaminhado ao Presídio de Laguna onde se encontra à disposição da Justiça.

O Inquérito Policial, que já foi finalizado e encaminhado ao Poder Judiciário, evidenciou se tratar de um crime ligado ao tráfico do local, e que, por conta de eventual desacerto na compra e venda de drogas, teriam quase motivado à tentativa de homicídio qualificado.

Uma semana após, outra tentativa de homicídio aconteceu no mesmo bairro e na mesma rua, Júlio Maurício, na altura do número 311.  Na noite de 25 de agosto um homem acabou sendo alvo de uma emboscada, praticada por um conhecido integrante de uma Organização Criminosa atuante no estado e só não morreu porque foi socorrido a tempo por testemunhas que passavam pelo local. O motivo: disputa entre duas Organizações Criminosas existentes no território Catarinense, aliado ao fato de a vítima ter proferido insultos à mãe de um dos líderes da facção criminosa rival. O responsável pelo crime fugiu e foi localizado e preso nos últimos dias.

No dia 5 de setembro, mais uma tentativa de homicídio, desta vez na Estrada Geral do bairro Barbacena, nas proximidades da Lanchonete Fernanda, foi solucionada pela Polícia Civil.

Por volta das 20h, um bandido membro de uma facção criminosa soube que seria alvo de uma emboscada por integrantes de outra facção, rival, atuante no loteamento conhecido como “Sem Terra” acabou agredindo um de seus componentes. Passados quase uma semana da agressão, o irmão da vítima localizou o bandido agressor e disparou cinco vezes contra eloe com uma arma de fogo. A vítima ainda segue internada junto ao Hospital de Laguna, e o responsável pelo crime já se apresentou espontaneamente na DIC para apresentar sua versão, já que teria alegado legítima defesa.

Todas as investigações policiais foram coordenadas pelo Delegado Bruno Fernandes, titular da Divisão de Investigação Criminal de Laguna.

    Palavras-chave
  • DIC
  • Laguna
  • Polícia
  • Civil
  • assalto
  • tentativa
  • homicídio
  • qualificado
  • Pescaria
  • Brava
  • Capivari
  • Baixo
  • tráfico
  • facção
  • criminosa
  • Tweet

Últimas Notícias


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 99115.3012
48 99998.8885
Inbox no Facebook

contato@portalahora.com.br

Localização

Imbituba - SC Brasil