Publicidade


Notícias


Pesquise


Homem ameaça matar ex-namorada por não aceitar fim do relacionamento e é denunciado por ela pelo telefone 180 Segurança

Homem ameaça matar ex-namorada por não aceitar fim do relacionamento e é denunciado por ela pelo telefone 180

por Administrador 13-09-2018 há 6 dias 1037

  • Tweet

Publicidade

Somente no primeiro semestre deste ano, quase 73 mil denúncias de violência contra a mulher chegaram através do telefone 180, em todo o país. Na região, essa estatística ganhou mais um número na noite desta terça-feira, 11.

Uma mulher de 41 anos foi ameaçada de morte pelo ex-namorado, pois ele não aceitava o fim do relacionamento.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o crime chegou ao conhecimento da guarnição, que foi acionada via Central Regional de Emergência. Os agentes então se deslocaram até o endereço, no bairro Humaitá, em Tubarão, onde a vítima relatou que estava sendo ameaçada por seu ex. O caso aconteceu por volta das 20h30.

A vítima relatou aos policiais que seu ex-namorado estava lhe ameaçando de morte fazia uma semana. Além disso, na noite de terça, ele afirmou que iria atear fogo na casa onde ela está morando de aluguel.

Além disso, segundo a mulher, o homem também não aceitava que ela tivesse alugado um quarto na casa de um idoso de 75 anos, que também foi ameaçado pelo ex-namorado.

A polícia fez rondas, mas o acusado não foi encontrado. Diante dos fatos, foi realizado um boletim de ocorrência e os envolvidos foram orientados.

Entre as principais agressões denunciadas pelas mulheres através do 180 estão: cárcere privado, violência física, psicológica, obstétrica, sexual, moral, patrimonial, tráfico de pessoas, homicídio e assédio no esporte. As denúncias também podem ser registradas pessoalmente nas delegacias especializadas em crime contra a mulher.

A partir da sanção da Lei Maria da Penha, o Código Penal passou a prever estes tipos de agressão como crimes, que geralmente antecedem agressões fatais. O código também estabelece que os agressores sejam presos em flagrante ou tenham prisão preventiva decretada se ameaçarem a integridade física da mulher. Além de crime, a Organização Mundial de Saúde (OMS) ainda considera a violência contra a mulher um grave problema de saúde pública.

Fonte: Diário do Sul

    Palavras-chave
  • Lei
  • Maria
  • Penha
  • agressão
  • ameaça
  • mulher
  • Tubarão
  • vítima
  • morte
  • violência
  • PM
  • 180
  • Tweet

Últimas Notícias


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 99115.3012
48 99998.8885
Inbox no Facebook

contato@portalahora.com.br

Localização

Imbituba - SC Brasil