Publicidade


Notícias


Pesquise


Depois de fechar as portas por falta de pagamento, hospital Geral

Depois de fechar as portas por falta de pagamento, hospital "privado" de Imaruí é interditado pela Vigilância Sanitária

por Administrador 30-08-2018 há 2 mêses 732

  • Tweet

Publicidade

Hospital São João Batista, de Imaruí, que está fechado desde a semana passada, foi interditado nessa quarta-feira (29) pela Vigilância Sanitária Estadual. A Secretaria de Estado da Saúde, que responde pela Vigilância Sanitária, não informou quais irregularidades foram encontradas no local para justificar a medida.

Na frente da unidade, em um recado aos usuários, a direção do hospital informou que a prefeitura deve R$ 130 mil à instituição. Com isso, não teve como saldar a dívida com os funcionários, prestadores de serviços, fornecedores e órgãos fiscalizadores.

Do comunicado, consta que o hospital está fechado por tempo indeterminado, até saldar as pendências financeiras e cumprir as exigências da Vigilância Sanitária. A prefeitura de Imaruí disse que não reconhece esse valor e que a atual administração não deve nada ao hospital.

Na semana passada, a unidade foi fechada por falta de pagamento aos médicos. O Hospital, que está sem receber recursos estaduais e já vinha realizando apenas atendimento de urgência e emergência. O hospital mais próximo de Imaruí é o São Camilo, de Imbituba, que fica a 30 quilômetros.

Segundo o Portal Transferência, no ano de 2017, foi repassado pela atual gestão da Prefeitura ao Hospital, R$ 945 mil, sendo que parte do valor foi referente ao ano de 2016. De janeiro até agosto deste ano, a Prefeitura alega ter feito repasse  de R$ 485.000,00. Em 2016, o Hospital recebeu R$510.000,00 do poder público municipal.  Os repasses foram feitos através de convênio firmado entre prefeitura e hospital, que tem o valor mensal de até R$75.000,00, de acordo com Convênio publicado no Diário Oficial dos Municípios (DOM). 

Segundo informações de usuários, o Hospital não realiza internações há algum tempo, restringindo-se apenas ao serviço de emergência pelo qual recebe repasse financeiro da administração municipal. 
No início do corrente ano, o Hospital foi beneficiado pela deputada Carmen Zanotto, com uma emenda no valor de R$100.000,00, porém, por falta da Certidão Negativa de Débitos, que comprovaria não haver pendências por parte do hospital, o valor não pode ser repassado.


    Palavras-chave
  • Imaruí
  • hospital
  • interditado
  • joão
  • batista
  • são
  • fechado
  • dívidas
  • certidão negativa
  • administração
  • prefeitura
  • vigilância
  • sanitária
  • recursos
  • repasses
  • urgência
  • emergência
  • Tweet

Últimas Notícias


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 99115.3012
48 99998.8885
Inbox no Facebook

contato@portalahora.com.br

Localização

Imbituba - SC Brasil