Publicidade


Notícias


Pesquise


Justiça manda soltar motorista acusado de dirigir bêbado e causar a morte de DJ imbitubense Karyny Estácio, em Balneário Camboriú Segurança

Justiça manda soltar motorista acusado de dirigir bêbado e causar a morte de DJ imbitubense Karyny Estácio, em Balneário Camboriú

por Administrador 18-08-2018 há 2 mêses 4617

  • Tweet

Publicidade

A Justiça determinou a soltura de Alex Sandro Souza de Jesus, de 30 anos, acusado de causar a morte da DJ imbitubense Karyny Estácio, de 23 anos e de ferir gravemente o namorado da jovem, Helynton Vieira, em 30 de junho, ao dirigir embriagado na contramão pela BR-101, em Balneário Camboriú. Ele teve a carteira de motorista recolhida e, enquanto o processo estiver em tramitação, está proibido de dirigir.

Alex conduzia o C30 T5 que bateu de frente no Picanto conduzido pela jovem. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou na ocasião que o motorista fez o teste de bafômetro, foi constatada a embriaguez, e ele foi preso em flagrante. Depois, a prisão foi convertida em preventiva.

Helynton Vieira, estava no banco do carona na hora da batida e quebrou o maxilar em três lugares. Ele passou por uma cirurgia em que implantou três platinas e 12 parafusos no rosto.

"Eu também sou DJ e voltávamos de uma festa em que eu havia tocado em Timbó. Como era meu aniversário, decidimos voltar ainda naquela noite e acabou acontecendo essa tragédia", contou.

O réu responde por homicídio, tentativa de homicídio e por dirigir alcoolizado. A defesa dele disse que ainda não foi comprovado que o consumo de álcool tenha sido a causa do acidente e que a rodovia é 'confusa'.

Medidas cautelares

Em audiência realizada no último dia 10, o juiz Roque Cerutti decidiu pela substituição da prisão por medidas cautelares: no caso, o recolhimento da carteira de motorista durante o processo, proibição de dirigir enquanto o caso tramitar na Justiça e o comparecimento em Juízo a cada 30 dias para apresentar comprovante de endereço.

"Embora tenha havido a ingestão de bebida alcoólica, por enquanto, não ficou comprovado que esta foi a causa absoluta da tragédia. Pelo que ficou demonstrado, a entrada em que aconteceu o fato, é muito confusa. Além disso, ele não conhecia a cidade e terminou se equivocando ao pegar a rodovia. Tudo isso foi levado para os autos e o juiz entendeu que não havia necessidade de manutenção da prisão, que ele poderia responder em liberdade", explicou o advogado de defesa de Alex, Jeverson Barcellos.

O namorado de Karyny recebeu a notícia da soltura de Alex nessa quinta-feira (16) com sentimento de revolta e impotência. "É um absurdo ele ser solto, ele causou a morte da minha namorada. Não adianta nem desejar que ele seja preso, porque não vai ser", lamentou Helynton.

Alex, também conhecido como Alex Tiliko, foi candidato a vereador em Xangrilá (RS) em 2016.

    Palavras-chave
  • Imbituba
  • Karyny
  • Estácio
  • acidente
  • Balneário Camboriú
  • motorista
  • acusado
  • matar
  • Helynton
  • C30
  • DJ
  • namorado
  • Alex
  • Sandro
  • Souza
  • Alex Tilico
  • Justiça
  • solta
  • revolta
  • Tweet

Últimas Notícias


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 99115.3012
48 99998.8885
Inbox no Facebook

contato@portalahora.com.br

Localização

Imbituba - SC Brasil