Publicidade


Notícias


Pesquise


Osimb revela valores e questiona os altos gastos com diárias da Câmara de Vereadores de Imbituba em 2018 Artigos

Osimb revela valores e questiona os altos gastos com diárias da Câmara de Vereadores de Imbituba em 2018

# por Membros do Osimb 14-08-2018 há 1 mês 780

  • Tweet

Publicidade

No ano passado realizamos um trabalho de análise de gastos com diárias da Câmara de Vereadores de Imbituba e encaminhamos o ofício nº 062/2017 ao então Presidente da Casa, vereador Renato Carlos de Figueiredo, uma vez que verificamos um elevado gasto com essa despesa. 

Em meados do mês de julho deste ano o Observatório Social de Imbituba realizou novamente o mesmo trabalho, fazendo comparações com outras câmaras de vereadores.

Na análise feita neste ano constatamos que os gastos continuam elevados e que as rotinas e procedimentos adotados continuam onerosas aos cofres públicos, a despeito das sugestões que foram apresentadas. O quadro abaixo demonstra os dados levantados em 2018.

Todos nós sabemos que atualmente não é mais necessário fazer tudo presencialmente, e que no mundo em que vivemos, existem várias opções eficientes e de qualidade possibilitadas pelas tecnologias de informação e comunicação. E essas opções podem ser considerada para as necessidades de cursos (EAD), envio de correspondências (e-mail e postagens dos correios) e remessa de encomendas (transportadoras). Não podemos aceitar que as escolhas sempre recaiam nas opções mais caras aos cofres públicos, a despeito de várias outras opções existentes.  

Verificamos nas justificativas para concessão de diárias deslocamentos para entrega de cartas convite para licitação, para protocolar ofício em empresas, buscar medalhas e entregar convites de sessão solene, a despeito de serviços de postagens e entregas e meios eletrônicos que satisfazem essas necessidades. 

O maior gasto continua sendo com despesas de viagens para capacitações. Neste ano já foram gastos (somadas diárias, passagens e inscrições) R$ 42.188,31. Será que esses “investimentos” em capacitação atendem mais ao interesse público ou das empresas que promovem e realizam esses eventos?

Não somos contrários à capacitação de servidores, ao contrário, pois isso melhora a qualidade dos serviços. Mas existem disponíveis várias outras opções de capacitação com qualidade e sem custos, oferecidas de modo virtual e sem custos por instituições de referência:

*Controladoria Geral da União: Escola Virtual da CGU. Disponível em  
*Senado Federal: Interlegis. Disponível em <https://www12.senado.leg.br/hpsenado>
*Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina: EAD Alesc. Disponível em <ead.escola.alesc.sc.gov.br/>
*Câmara dos Deputados. Disponível em <http://www2.camara.leg.br/>
* Entre outras empresas que também disponibilizam cursos à distância.
    Palavras-chave
  • Imbituba
  • Observatório
  • social
  • gastos
  • câmara
  • vereadores
  • cursos
  • capacitações
  • diárias
  • Tweet
Atenção

As opiniões de nossos colunistas não expressam necessariamente a opinião do Portal AHora e são de responsabilidade dos mesmos. O espaço é aberto para a expressão pessoal, independentemente de credo, linha de atuação ou posição política, de acordo com a forma que cada um de nossos colunistas vê e sente o mundo.


Últimas Notícias


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 99115.3012
48 99998.8885
Inbox no Facebook

contato@portalahora.com.br

Localização

Imbituba - SC Brasil