Publicidade


Notícias


Pesquise


Engenheiros da Vila Eco Surf visitam orla da praia de Vila Nova e apontam possíveis soluções ambientais Meio Ambiente

Engenheiros da Vila Eco Surf visitam orla da praia de Vila Nova e apontam possíveis soluções ambientais

por Administrador 01-08-2018 há 3 mêses 903

  • Tweet

Publicidade

Uma equipe técnica composta por oito pessoas, entre engenheiros e estudantes de engenharia vinculados a Vila Eco Surf (VES), realizou, na manhã do último sábado (28), uma espécie de vistoria na área da orla da praia da Vila, no bairro Vila Nova, em Imbituba. 

Segundo os membros da ONG formada por ativistas ambientais, grande parte deles surfistas do Bairro Vila Nova, o objetivo da visita de campo foi “promover a interdisciplinaridade, de diferentes especialidades da engenharia, na avaliação de aspectos e impactos socioambientais na área, bem como desenvolver estratégias e ações para eliminar, minimizar ou compensar os mesmos”.

Eles defendem a tese de que, atualmente, a faixa de restinga do bairro Vila Nova está em “processo de destruição ambiental para fins de implantação de empreendimentos imobiliários”. Segundo os ativistas, várias áreas estão sendo cercadas, aterradas, com retirada de vegetação, grande quantidade de resíduos e esgoto sendo lançados neste ambiente. 

“O momento é de extrema urgência e gravidade exigindo uma forte articulação institucional e a participação social na busca da definição de uma estratégia de gestão socioambiental”, denuncia o funcionário público, João Luiz Gregório, coordenador da comissão provisória de implantação do VES. 

"Imbituba sofre e vai sofrer sempre com especulações imobiliárias.
Estamos focados para combater  as ocupações irregulares em Áreas de Preservação Permanente (APP).
Os técnicos da Secretaria de Meio Ambiente (Sema) da Prefeitura sempre tiveram muita atenção por conta desta especulação, nas liberações de viabilidades de ocupação e construção. Inclusive, em uma área na orla de Vila Nova  que originalmente é uma APP. Porém, com edificações consolidadas os técnicos vem negando as viabilidades até se ter um posicionamento do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que é o órgão ambiental do governo brasileiro e MPF. Vale salientar que nesta visita da Vila Eco Surf, um de nossos engenheiros ambientais, Eduardo Canarin, foi convidado a participar também. Apoiamos o movimento com o qual, inclusive, já temos algumas ações em conjunto por acontecer", esclarece o secretário de Meio Ambiente do município, engenheiro Paulo Márcio de Souza.

Além do projeto de conservação e uso da orla, outros assuntos foram debatidos entre a equipe, entre eles a certificação Bandeira Azul naquela área, os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), e a elaboração de dois projetos socioambientais: implantação de uma horta comunitária no bairro e uma ação de educação ambiental com os alunos da Escoça Estadual João Guimarães Cabral. 


Ainda conforme os membros do Vila Eco Surf, a missão grupo é ser um agente transformador da comunidade da região da Vila Nova, que também compreende os bairros Campo da Aviação, Vila Santo Antônio, Sagrada Família, Portinho da Vila e São Tomaz; por intermédio de ações na interface das atividades de surfe e socioambientais no território.

A equipe técnica do VES é fomada pelo engenheiro agrícola com especialização ambiental, José Pedro Francisconi Junior , a engenheira ambiental Graziela Rodrigues, o engenheiro civil Marcelo Domingos, Eduardo Canarin (engenheiro ambiental), Vinícius Vieira (engenheiro florestal), a engenheira sanitarista e ambiental Jéssica Prats, o engenheiro químico Carlos Augusto de Abreu e o graduando de Engenharia da Pesca, Fernando Ranieri Brum.

“Hoje é um dia muito especial, temos oito profissionais de engenharia colaborando de forma voluntária para o desenvolvimento e implantação de ações para promoção da sustentabilidade socioambiental do Bairro Vila Nova e região. São técnicos com experiência na área ambiental, incluindo experiência com projetos financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), e atenderam o chamado do nosso instituto que está em fase de criação”, relata o ativista. 

Após a visita, a equipe técnica apontou soluções para os supostos problemas apontados por eles:

- Correção do erro de zoneamento do Plano Diretor de Imbituba (desrespeito a legislação ambiental).
- Interrupção imediata do acesso de veículos à praia a partir do fim do perímetro urbano nas ruas: Olavo Bilac, Orlando B. Martine, São Pedro e São Sebastião.
- Implantação de estrutura adequada (Decks) de acesso à praia para pedestres e ciclistas, com inclusão de equipamentos de acessibilidade.
 ‐ Implantação de estruturas de lazer, esporte e turismo para observação de baleia franca na Avenida Atlântica, trecho entre as imediações das ruas Renato Ruiz e Siderópolis.
‐ Implantação de um programa de despoluição na barra de Vila Nova (lagoa Paes Leme), bem como a implantação de sinalização de área contaminada.
‐ Implantação de um programa de gestão para uso e conservação ambiental da área, com destaque para as ações de educação ambiental.
- Criação de eco pontos para coleta de resíduos no bairro Vila Nova.
- Fiscalização e eliminação do esgoto na praia.
    Palavras-chave
  • Imbituba
  • Vila Eco Surf
  • VES
  • equipe
  • técnica
  • engenheiros
  • soluções
  • João Luiz Gregório
  • Vila Nova
  • Sema
  • secretaria
  • meio ambiente
  • Paulo Márcio de Souza
  • secretário
  • Tweet

Últimas Notícias


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 99115.3012
48 99998.8885
Inbox no Facebook

contato@portalahora.com.br

Localização

Imbituba - SC Brasil