Justiça condena assassino de Mariana, jovem de 15 anos morta a pedradas em 2015, a mais de 20 anos de prisão
Publicidade


Notícias


Pesquise


Justiça condena assassino de Mariana, jovem de 15 anos morta a pedradas em 2015, a mais de 20 anos de prisão Segurança

Justiça condena assassino de Mariana, jovem de 15 anos morta a pedradas em 2015, a mais de 20 anos de prisão

por Administrador 27-07-2018 há 3 semanas 520

  • Tweet

Publicidade

Em sessão terminada na noite desta quinta-feira (26), no Fórum de Tubarão, o acusado de ter assassinado a Jovem Mariana Matei, Leonardo Matheus Rocha foi condenado a uma pena de 20 anos e 8 meses de reclusão, inicialmente em regime fechado, por homicídio triplamente qualificado.


O julgamento teve às 8h da manhã. Sete pessoas integraram o júri popular - quatro mulheres e três homens.

Várias testemunhas de defesa e acusação, além do delegado Rubem Teston, que coordenou as investigações e presidiu o inquérito, prestaram depoimentos ao longo do dia, em momentos de muita comoção.

A jovem foi encontrada morta por volta das 6h30 do dia 30 de janeiro de 2015, deitada de bruços em um matagal. Ela foi vítima de traumatismo craniano e teria levado uma pedrada na cabeça perto do local onde o corpo foi encontrado, em uma zonal rural do bairro Congonhas, em Tubarão.

Mariana foi encontrada em um matagal do bairro Congonhas, em Tubarão


Leonardo foi preso em Lages no dia 5 de fevereiro, cinco dias após o crime, enquanto tentava fugir. Ele chegou a confessar a autoria do crime e aguardou a data do julgamento no Presídio Regional do município.

Leonardo Matheus Rocha, hoje com 23 anos, disse à Polícia Civil, à época, que o principal motivo do crime foi uma discussão calorosa entre os dois. A briga seria porque a adolescente exigiu que ele terminasse um relacionamento que tinha para iniciar um namoro com ela. Segundo ele, a adolescente o ameaçou com uma pedra, o que o fez reagir. Ele confessou ter dado vários chutes em Mariana. Depois, com a própria pedra, acertou a cabeça da vítima.

Leonardo Matheus Rocha recebe pena de 20 anos e 8 meses por homicídio triplamente qualificado


A mãe da jovem assassinada, Maria Aparecida Matei, disse à imprensa que todo o dia 30 de cada mês desde então não passou sem que sentisse uma dor ainda maior pela perda da filha e de uma forma tão hedionda.

Sobre o julgamento, Maria Aparecida sabia que seria muito difícil enfrentar o momento e reviver tudo o que se passou, mas disse sentir alívio de saber que o assassino seria julgado e pagaria pelo crime. 

    Palavras-chave
  • Assassinato
  • Mariana
  • Matei
  • julgamento
  • Sessão
  • pedrada
  • matagal
  • Tubarão
  • condenação
  • Leonardo
  • Matheus
  • Rocha
  • Tweet

Últimas Notícias


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 99115.3012
48 99998.8885
Inbox no Facebook

contato@portalahora.com.br

Localização

Imbituba - SC Brasil