Idosa é despejada mesmo após apelo da comunidade onde morava
Publicidade


Notícias


Pesquise


Idosa é despejada mesmo após apelo da comunidade onde morava Geral

Idosa é despejada mesmo após apelo da comunidade onde morava

por Redação 20-07-2018 há 1 mês 3278

  • Tweet

Publicidade

Mesmo após intensa campanha da comunidade contra a desocupação de residência onde uma nativa no Farol de Santa Marta morava, em Laguna, a Justiça determinou a sua retirada do local.

Através de um mandado de reintegração de posse, cumprido nesta quinta-feira (19) a moradora precisou deixar a casa e ficou literalmente “no olho da rua”.

Na campanha organizada pela comunidade do Farol há cerca de três meses, as pessoas se manifestavam contrárias à desocupação e demostravam nas redes sociais a indignação devido a situação e falta de sensibilidade das autoridades e dos proprietários.

A moradora é Lúcia Batista, de 63 anos. Segundo o familiar Márcio Goulart Nascimento, ela não sabe ler nem assinar seu próprio nome. “Ela vive com a ajuda de parentes, recolhe material para reciclagem e frita peixes na praia. Com ela ainda vivem um filho com problemas mentais e um neto”, conta.


De acordo com parente, Lúcia é moradora do Farol desde que nasceu. Há aproximadamente 20 anos foi morar fora após se separar do marido. Voltou em 1996, casada novamente, e então construiu sua casa em um terreno que estava abandonado, mas que diziam ser de sua família. “Desde esta época ela mora lá. Com muito custo fizeram toda a arrumação no terreno, até que um vizinho entrou na Justiça, em 2011, mais ou menos, requerendo o local como sendo dele”, conta Márcio.

Segundo o prefeito de Laguna, Mauro Candemil, o caso não chegou ao conhecimento da Prefeitura e até o final desta quinta-feira nenhum contato havia sido feito.

NECESSIDADE DE AJUDA

O familiar conseguiu arrecadar algum dinheiro com rifas e doações e deu entrada em um terreno para construir uma casa para a idosa.

“É preciso de ajuda porque ela não têm condições financeiras para arcar com a construção. Por enquanto, ela está morando de favor na casa de um parente. Toda ajuda será bem-vinda. Ela não tem condições de ter sua casa se não for desta forma. Quem puder ajudar, com doações de material ou em dinheiro, ficaremos eternamente gratos”, apela Márcio. Quem desejar ajudar a moradora do Farol, pode entrar em contato com ele pelo telefone (48) 99977-9361.

Fotos: Elvis Palma/Rádio Difusora

Fonte: DS

    Palavras-chave
  • Idosa
  • despejo
  • farol
  • Santa Marta
  • Laguna
  • ajuda
  • doações
  • comunidade
  • Tweet

Últimas Notícias


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 99115.3012
48 99998.8885
Inbox no Facebook

contato@portalahora.com.br

Localização

Imbituba - SC Brasil