Na coluna Crítica Quântica, Beto Ferreira te pergunta: "Você quer ser rico?"
Publicidade


Notícias


Pesquise


Na coluna Crítica Quântica, Beto Ferreira te pergunta:  Artigos

Na coluna Crítica Quântica, Beto Ferreira te pergunta: "Você quer ser rico?"

# por Beto Ferreira 19-07-2018 há 1 mês 460

  • Tweet

Publicidade

Paz e Luz a todos!!!
Olá meus queridos amigos, espero que todos estejam bem!!! 

Você quer ser rico? 

Você se considera rico ou pobre?

Você gostaria de ter mais dinheiro? Acredito que já saiba sua resposta. Agora, gostaria de lhe perguntar sobre esta frase: “é mais fácil um camelo passar no buraco de uma agulha do que um rico entrar no reino dos céus”. O que você entende com isso? 

Eu acredito que a grande maioria das pessoas traz, inconscientemente, essa crença enraizada em seu subconsciente, fora outras semelhantes, tipo, "o dinheiro é o grande mal da humanidade", ou, "dinheiro não traz felicidade". Outra que eu acho o máximo: "sou pobre mas sou limpinho(a)" (rsrs), sendo esses pensamentos, em minha opinião, uma das causas da atual situação financeira da maioria das pessoas. 

Agora você pode estar pensando: “mas eu não acredito em nada disso e não sou tão rico como gostaria”, ou coisas do tipo. Será? Será que você não nutre sentimentos negativos e crenças limitantes sobre sucesso e dinheiro em seu subconsciente? Só você saberá a resposta. Você acredita que pode ser milionário? Henry Ford falou: “Se você acha que pode ou que não pode, de qualquer maneira você está certo!”. 

Eu entendo, nós fomos uma vida inteira bombardeados pelas igrejas de que Deus prefere e ama os pobres e pune os ricos, que nenhum rico presta, que o dinheiro é sujo, que um personagem de uma certa parábola deveria doar tudo o que ele possuísse e seguir o mestre dele para alcançar a salvação, e assim por diante. Diante de tal fato não é de se surpreender que a grande maioria das pessoas não vive a vida que gostaria, pelo menos a financeira.

Em 2014, o escritor brasileiro Ricardo Geromel, no qual trabalhava para a Revista Forbes, publicou um livro sobre os bilionários deste planeta. Segundo ele, 66% desses empresários começaram a sua fortuna do zero. Eles tiveram uma ideia, acreditaram nela, se empenharam e fizeram fortuna através do seu sonho. Agora eu lhe convido a refletir sobre isso: se eles se tornaram bilionários, é porque muita gente comprou os produtos deles, correto? Se muita gente comprou esses produtos, significa que esses produtos beneficiaram de alguma forma a vida dessas pessoas. Se esses produtos foram bons para essas pessoas e as fizeram melhores ou mais felizes, sem contar com o grande número de empregos gerados, como você acha que Deus está vendo isso? Como você acha que ele vai agir com esses pobres bilionários (essa frase ficou ótima... Rss.), mandá-los todos para o inferno porque eles possuem muito dinheiro? Sendo ELE amoroso e justo acima de tudo, como você acredita que ELE agiria? Pois é... É de se pensar, não?

Bill Gates, Warren Buffet, Carlos Slim, Amancio Ortega, Mark Zuckeberg, dentre outros bilionários, doarão quase 100% da sua fortuna para a filantropia, e você? O que você fará com a sua fortuna? O que você faz agora com seu dinheiro? Asilos, creches, orfanatos e um número sem fim de entidades beneficentes precisam cada vez mais de ajuda. Não seria a hora de começar a pensar em ajudá-los? O valor não importa, mas sim a intensão. Lembre-se da frase: "Dai e receberás". Então, mãos a obra!!!

Com relação à parábola dos camelos, eu entendo da seguinte forma: antigamente as cidades eram fechadas durante a noite para sua proteção, entretanto um ou outro comerciante que viajava pelo deserto em seus camelos chegava nessas cidades depois de os portões já estarem fechados. A única maneira de eles poderem entrar, era através de uma passagem lateral pequena chamada agulha. Porém, para que os camelos pudessem passar pelas agulhas, teriam que tirar toda a mercadoria das suas costas e se ajoelharem (o camelo se ajoelha). Daí surgiu essa analogia de que para o homem entrar no reino de céus, ele deveria se desprover de seus bens materiais e se ajoelhar em sinal de reverência e humildade perante o Criador! Nada impossível de se fazer, você não acha?



Você ainda quer ser rico ou milionário? Sabe aquela parábola dos talentos? Deus deu a todos nós variados tipos de talentos, então pegue o seu, estude sobre ele, trabalhe nele, faça com que o fruto dele ajude o maior número possível de pessoas e você vai ficar rico e provavelmente mais feliz, e de uma coisa eu tenho certeza, quando chegar a sua hora de partir, o PAI estará lá lhe esperando de braços abertos, porque, além de não ser pecado ser rico, você foi aqui um grande Ser.

    Palavras-chave
  • opinião
  • Crítica Quântica
  • Beto Ferreira
  • rico
  • pobre
  • dinheiro
  • camelo
  • agulha
  • Deus
  • parábola
  • negativismo
  • sentimentos
  • negativos
  • buraco
  • doar
  • pertences
  • coluna
  • AHora
  • Tweet
Atenção

As opiniões de nossos colunistas não expressam necessariamente a opinião do Portal AHora e são de responsabilidade dos mesmos. O espaço é aberto para a expressão pessoal, independentemente de credo, linha de atuação ou posição política, de acordo com a forma que cada um de nossos colunistas vê e sente o mundo.


Últimas Notícias


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 99115.3012
48 99998.8885
Inbox no Facebook

contato@portalahora.com.br

Localização

Imbituba - SC Brasil