Confrontos e apedrejamentos: Exército, PRF e PM atuam em bloqueios de Imbituba, Biguaçu e Palhoça para garantir passagem de caminhoneiros
Publicidade


Notícias


Pesquise


Confrontos e apedrejamentos: Exército, PRF e PM atuam em bloqueios de Imbituba, Biguaçu e Palhoça para garantir passagem de caminhoneiros Segurança

Confrontos e apedrejamentos: Exército, PRF e PM atuam em bloqueios de Imbituba, Biguaçu e Palhoça para garantir passagem de caminhoneiros

por Administrador 29-05-2018 há 2 mêses 10165

  • Tweet

Publicidade

Durante a tarde e noite desta terça-feira (29), o Exército, em uma operação conjunta com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), atua em alguns pontos de protestos em Santa Catarina, inclusive no trevo de Nova Brasília, em Imbituba, sob muita tensão e reprovação de grevistas. 

O objetivo, segundo a PRF, é garantir a saída dos caminhoneiros que queiram seguir viagem e poderiam estar sendo coagidos a permanecer nos bloqueios, o que está acontecendo agora à noite no trecho imbitubense da BR-101, sob vaias de centenas de manifestantes. 

Caminhões liberados na Grande Florianópolis foram apedrejados em Imbituba

Manifestantes chegaram a partira para o apedrejamento de caminhões enquanto PRF negociava com os caminhoneiros  a liberação do local, garantindo a livre circulação de motoristas que sofriam pressões para permanecerem.

Por volta das 18h,, quando as conversas continuavam, passaram alguns caminhões liberados da Grande Florianópolis. Foi quando supostos caminhoneiros, podendo ser outros tipos de manifestantes ou até infiltrados, começaram a apedrejar os caminhões. Uma pedra atingiu um dos caminhões do Exército.

A operação então foi suspensa, Exército e PRF deixaram o local e o caso será avaliado para uma possível nova intervenção das forças de segurança. Segundo informações obtidas no local, um automóvel Honda chegou a ser atingido por uma pedra, que perfurou o para-brisa traseiro.

A Policia Militar de Santa Catarina já realizou mais de 400 escoltas em todo o Estado. Mantém-se mobilizada para garantir o livre trânsito nas estradas estaduais.

Confronto em Biguaçu

Em Biguaçu, manifestantes concentrados no entorno da distribuidora da Petrobras entraram em confronto com a PM. Os agentes estiveram no local para cumprir a determinação judicial expedida na noite de segunda (28), que determinou a liberação do acesso bloqueado na SC-407. Após dialogarem com o grupo, por volta das 19h, os policiais precisaram usar a força para retirar os manifestantes. Eles chegaram a utilizar balas de borracha e bombas de efeito moral para dispersar os integrantes do protesto.

Durante a tarde, caminhoneiros começaram a liberar o bloqueio no acesso à distribuidora da Petrobras. Aproximadamente às 15h, caminhões tanques escoltados pela PM Ambiental entraram na base da Petrobras. As primeiras carretas carregadas saíram às 15h15. Foi por volta das 15h45 que o clima ficou tenso e manifestantes voltaram a bloquear a saída, informando aos policiais que ficariam até o horário limite da determinação judicial, à 00h.

Bombas de efeito moral foram utilizadas para dispersar os manifestantes - Marco Santiago/ND
Bombas de efeito moral foram utilizadas para dispersar os manifestantes - Marco Santiago/ND

Ao longo do dia 12 caminhões-tanque saíram escoltados da distribuidora - oito deles apenas durante a noite. Houve ação da cavalaria e do Batalhão de Choque da PM, que foi revidada pelos manifestantes - alguns se empenharam em atear fogo à carcaça de um carro. Houve bastante confusão e alguns foram atingidos pelas balas de borracha.

Situação em Palhoça

Também na Grande Florianópolis, em um posto de gasolina na BR-101, no km 216, em Palhoça, foi registrada a chegada dos militares e de agentes da PRF nesta terça. De acordo com o inspetor Soares, da PRF, dos 300 caminhões que estavam parados em Palhoça, 30 deixaram o movimento até as 17h40min. Outros manifestantes vaiavam os veículos que deixavam o bloqueio.

Apesar de a chegada dos militares ter sido aplaudida pelos manifestantes, houve registro de que um caminhão, que passou pelo bloqueio, teve o vidro quebrado. O  relato do caminhoneiro é que um grupo, em carros e motos, teria perseguido quem fura o bloqueio. Nesse caso, fecharam o caminhão e quebraram o vidro.  O caminhoneiro chamou a PM e foi escoltado até Florianópolis.  

Há outros pontos do Estado com a atuação conjunta do Exército e da PRF, porém não foram divulgados pela PRF. 

Em imbituba, caminhões estão deixando o bloqueio escoltados pelo Exército e pela PRF
Em imbituba, caminhões estão deixando o bloqueio escoltados pelo Exército e pela Polícia Rodoviária Federal (PRF)


Assista a um vídeo enviado ao Portal AHora:

Exército vai garantir livre circulação de caminhoneiros e outros usuários

Em nota, o Exército Brasileiro informa que, "em cooperação com a PRF e PMSC, realizará, a partir da tarde desta terça-feira (29 de maio), missões de segurança e escolta nas principais Rodovias Federais, a fim de assegurar a livre circulação de caminhoneiros e outros usuários das vias que possam estar sendo impedidos de trafegar." 

O Exército diz ainda que, "neste primeiro dia, as tropas percorrerão as BR-101, BR-282 e BR-470, passando pelos pontos de concentração de manifestantes. Nos dias subsequentes, outras rodovias poderão ser incluídas na operação conjunta com os demais órgãos de segurança pública".

    Palavras-chave
  • Greve
  • paralisação
  • bloqueios
  • caminhoneiros
  • exército
  • garantir
  • direitos
  • fundamentais
  • Polícia
  • Rodoviária
  • Federal
  • limite
  • SC
  • estado
  • PRF
  • escolta
  • movimento
  • Tweet

Últimas Notícias


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 99115.3012
48 99998.8885
Inbox no Facebook

contato@portalahora.com.br

Localização

Imbituba - SC Brasil