Publicidade


Notícias


Pesquise


Professores da rede municipal de Capivari de Baixo estão em greve Educação

Professores da rede municipal de Capivari de Baixo estão em greve

por Administrador 20-04-2018 há 2 mêses 261

  • Tweet

Publicidade

Os professores da rede municipal de Capivari de Baixo entraram em estado de greve ontem. A decisão ocorreu após assembleia na noite de quarta-feira (18), quando a categoria não aceitou a proposta apresentada pelo governo do atual prefeito Nivaldo de Sousa (PSB), na última segunda-feira.  

Segundo o Sintermut, a proposta apresentada pela prefeitura foi o reajuste de 1,56% em maio para todos os professores, e mais R$ 40 no vale alimentação, bem como o percentual de 3,64% em julho e 5,18% em setembro para os professores que não atingem o piso mínimo.

Com isso, os professores efetivos de carreira teriam o repasse de inflação mínimo de 1,56%. “O município de Capivari de Baixo é o único na região que tem o maior número de percentual em defasagem, aproximadamente 49%”, afirma o Sintermut, em nota.

Em comparação a Tubarão, ressalta o sindicato, é a metade do salário. “As negociações coletivas de trabalho estão abertas por parte do sindicato, porém esperamos que o governo aceite nossa contraproposta de aplicar estes índices a todos na carreira”, diz a nota.

A prefeitura de Capivari de Baixo, por sua vez, emitiu uma nota oficial ontem explicando que ofereceu a todos os servidores o reajuste de 1,56%, de acordo com o INPC no período, e mais um aumento de R$ 40 no vale alimentação, o que implica no acréscimo de 2,51% na média salarial de todos os servidores, aplicado a partir de maio deste ano.

“Aos professores municipais, efetivos e ACTs que recebem salário base inferior ao Piso Nacional dos Professores (R$ 2.455,57), a proposta é de um reajuste de 3,64%, a ser pago em julho, e mais 5,18%, pago em setembro, a título de complementação do piso salarial”, diz a nota.

Segundo a prefeitura, em fevereiro deste ano já foi estendido a todos os servidores municipais o pagamento de vale alimentação, durante o período de férias, e licença prêmio. “A folha de pagamento da secretaria de Educação representa 48,19% da folha de pagamento de Capivari de Baixo. Dos 338 professores, 224 serão beneficiados com a complementação do piso nacional. A administração municipal, preocupada em continuar honrando os compromissos com todos os servidores, espera que haja compreensão das categorias”, acrescenta a nota da prefeitura de Capivari.

    Palavras-chave
  • Capivari de Baixo
  • greve
  • professores
  • piso
  • ACTs
  • alunos
  • aulas
  • Sintermut
  • férias
  • licença prêmio
  • alunos
  • estudantes
  • prefeitura
  • prefeito
  • Tweet

Últimas Notícias


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 99115.3012
48 99998.8885
Inbox no Facebook

contato@portalahora.com.br

Localização

Imbituba - SC Brasil