Publicidade


Notícias


Pesquise


Festa na Escolinha:Professor Bananinha comemora Páscoa e o tricampeonato imbitubense entregando chocolates às crianças de seu projeto social Esportes

Festa na Escolinha:Professor Bananinha comemora Páscoa e o tricampeonato imbitubense entregando chocolates às crianças de seu projeto social

por Redação 02-04-2018 há 6 mêses 349

  • Tweet

Publicidade

O surfista e professor de surfe Leandro Elias, o Bananinha realizou na última quinta-feira (29), uma confraternização com seus alunos onde entregou caixas de bombons e ovos de Páscoa aos pequenos e comemorou a boa fase enquanto atleta e formador.

Superanimada, a festinha ocorreu após os treinos da Escolinha do Bananinha, na Praia do Porto, bairro Vila Alvorada, sede de seu belíssimo projeto social que oferece gratuitamente aulas de surfe, disciplina e cidadania a crianças das comunidades vizinhas ao Porto.

"Quero agradecer e muito à academia Fortes Imbituba que proporcionou a festa e uma Páscoa melhor às crianças do projeto, à SH Bants Internet, Manga Wax Parafina, à casa de shows Pico da Tribo, estes que me ajudam sempre o ano todo, e ao empresário e vereador Anderson Teixeira, que também me ajuda sempre com combustível enchendo o tanque de gasolina para as podermos ir até as competições", valoriza Bananinha.


Professor também disputa competições e sagrou-se tricampeão imbitubense

Aos 42 anos, Leandro mostrou que está em boa forma sendo o campeão do Imbituba Surf Tour 2018, competição que equivale ao Campeonato Imbitubense, e com direito a vitória na última etapa realizada há cerca de um mês nas areias de Itapirubá. 

A exemplo dos alunos da escolinha, que costumam brilhar nas competições, o professor é destaque na categoria master e agora, com o tricampeonato imbitubense na carreira, Bananinha prepara-se para representar sua cidade natal na competição estadual Surfing Games Interassociações.


"Só participa se tirar notas boas na escola"

Para participar de sua escolinha, cujo projeto social chamou tanto à atenção do campeão mundial Sandro Mineirnho que o surfista profissional passou a ajudá-lo financeiramente, o professor Bananinha exige apenas boas notas no boletim escolar, todo final de ano.

“Acho que o surfe modifica a vida das crianças através de um esporte lindo e maravilhoso, onde, para poder praticar o surf junto a nós, só pedimos que essas crianças estudem e tirem boas notas na escola.”

Durante o ano a escola recebe doações de pranchas, wetsuits e acessórios de toda comunidade, que são direcionadas às crianças carentes do projeto, como recompensas por passarem de ano.

A escola necessita de ajuda da comunidade e de empresários para seguir tirando crianças dos caminhos errados e as introduzindo no sempre benéfico rumo do esporte e de outros bons aprendizados.

“A escola está confiante no crescimento do projeto com a adesão de mais voluntários, e que dessa forma, mais crianças possam ser beneficiadas com a experiência marcante de deslizar sobres as ondas.


COMO SURGIU A IDEIA DE ENSINAR O SURFE ÀS CRIANÇAS

As aulas são aplicadas três vezes por semana com o tema Educar Para A Vida. O projeto já atende mais de 60 alunos e existe há 17 anos.

“Fui morar na beira da praia, peguei minha prancha e fui surfar. Foi quando chegaram quatro adolescentes do morro da frente de casa, filhos de pescadores, entre eles usuários de droga, e me fizeram várias perguntas de como eu tinha aprendido a surfar. Diante do interesse deles, resolvi ensinar. Outros adolescentes começaram a se interessar também e isso cresceu de uma forma louca, eu nem tinha noção como podaria mudar a vida de tantas pessoas”, lembra.

De quatro alunos, em dois anos o professor passou a atender 60 e os números de interessados não pararam de crescer. “Para pobres, o surfe é um desafio, por ser um esporte caro. Mesmo assim eu me dediquei para que essas crianças conhecessem o surfe”, explica. Desde então, o surfista tem formado novos surfistas, e até atletas que vêm ganhando destaque ao participar de competições internacionais como Anderson Júnior e Giovani Picaski.

A exigência do professor para participar das atividades é ter boas notas na escola. “Como não sou formado e tenho até a oitava série, eu cobro o boletim das crianças e incentivo dando uma roupa de borracha para quem conseguir as melhores notas. É muito gratificante notar o impacto que isso provoca na educação, pois em todos esses anos, nenhum deles repetiu o ano. Participamos da formação deles, muitos se tornaram mergulhadores profissionais e trabalham como salva-vidas.”, afirma.

Bananinha também não mede esforços para incluir altistas, surdos, mudos e pessoas com deficiência de locomoção no esporte e chega a viajar para cidades vizinhas, como Laguna, para ajudar. Ele trabalha como motorista e com o próprio dinheiro do salário ajuda nas despesas com as pranchas e parafina. Além disso, conta com doações de roupas, acessórios e promove ações de conscientização socioambiental afim de abranger toda a comunidade.


PARCERIA COM MINEIRINHO


Tudo começou quando Mineirinho lançou nas redes sociais ainda ano passado o projeto ‘Eu Sou Campeão‘, solicitando aos seus fãs internautas sugestões de exemplos de projetos sociais para que ele pudesse apoiar. Entre as sugestões, estava a Escolinha do Bananinha, a qual Mineirinho fez questão de visitar no dia 30 de dezembro.

Então surgiu a parceria, e assim como no primeiro encontro, pranchas, roupas de borrachas, decks, entre outros acessórios, foram doados pelo campeão ao projeto social. Essa é uma das formas que Adriano de Souza imaginou para retribuir sua conquista em 2015.

Assim como na primeira vez, Mineirinho disse estar se sentindo em casa, já que também começou sua carreira no surfe da mesma forma, na Escola de Surf do Pirata, na Praia de Pitangueiras, Guarujá (SP). “Comecei da mesma forma no surfe, na Escolinha do Pirata, que atendia crianças carentes na minha cidade“, disse Adriano.

    Palavras-chave
  • Imbituba
  • Bananinha
  • escolinha
  • projeto social
  • surf
  • surfe
  • criaças
  • carentes
  • Praia do Porto
  • Vila Alvorada
  • Divinéia
  • Aguada
  • Tweet

Últimas Notícias


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 99115.3012
48 99998.8885
Inbox no Facebook

contato@portalahora.com.br

Localização

Imbituba - SC Brasil