Publicidade


Notícias


Pesquise


Encontro define encaminhamentos das obras do PAC das Cidades Históricas e do Mercado Público em Laguna Cultura

Encontro define encaminhamentos das obras do PAC das Cidades Históricas e do Mercado Público em Laguna

por Redação 01-03-2018 há 3 mêses 288

  • Tweet

Publicidade

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e a Prefeitura de Laguna realizaram uma reunião e definiram encaminhamentos para o andamento das obras do Programa de Aceleração (PAC) das Cidades Históricas, no município, assim como, sobre a finalização das obras da Rua Raulino Horn e do Mercado Público de Laguna, esta última financiada com recursos do BNDES.

Participaram do encontro, o prefeito Mauro Candemil; a secretária de Planejamento Urbano, Silvania Cappua; o presidente da Fundação Lagunense de Cultura, Márcio José Rodrigues Filho;  os engenheiros do Governo Municipal; Vladimir Fernando Stello e Ana Paula Citadin, do Iphan de Laguna e Liliane Janine Nizzola, superintendente do Iphan em Santa Catarina.

Dentre os encaminhamentos foram detalhadas as novas obras do Iphan em Laguna, entre elas a Casa Candemil, a Antiga Estação Ferroviária, e a Casa de Anita Garibaldi com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento para as Cidades Históricas, após três anos de trabalho para a elaboração e aprovação de projetos, que devem ser realizados ainda em 2018.

A Casa Candemil, onde hoje funciona o Arquivo Público Municipal de Laguna, deverá ser restaurada e adequada para conservar em condições apropriadas a documentação existente, bem como, para tornar-se mais adequada para a utilização por parte da população e pesquisadores.

A restauração do imóvel foi iniciada em fevereiro no valor é R$ 349.000,00. O acervo também será restaurado e conservado, sendo que a licitação para contratação dos serviços será lançada ainda neste mês, no valor de R$ 870.000,00.

A restauração da Casa de Anita Garibaldi garantirá melhora nas condições de guarda e exposição do acervo, o projeto custará R$ 607 mil. A abertura da licitação para contratação das obras será no dia 9 de março de 2018.

A Antiga Estação Ferroviária receberá obra emergencial nos telhados e vãos, a fim de garantir a integridade das edificações, que sofreram com incêndios recentes, o valor investido será R$ 295 mil e a licitação será realiza em 8 de março de 2018.

Antiga Estação Ferroviária

O complexo ferroviário, composto pela antiga Estação Ferroviária e pelo antigo Armazém de Cargas, está inserido no entorno do Centro Histórico de Laguna, tombado pelo IPHAN em 1985. Este imóvel integra o patrimônio da extinta Rede Ferroviária Federal S.A. – RFFSA, e por estar na condição de bem não operacional, foi por muitos anos cedido à Prefeitura Municipal de Laguna.

Em razão da importância histórica e arquitetônica deste conjunto edificado, sobretudo, no contexto do patrimônio ferroviário brasileiro, bem como por sua proximidade com o Centro Histórico da cidade de Laguna, tombado em âmbito nacional, foi incluído na lista de imóveis que integram o patrimônio da extinta RFFSA, com interesse de preservação pelo IPHAN.

Casa de Anita Garibaldi

O imóvel foi construído, possivelmente, em 1711, com a finalidade de abrigar a Casa de Câmara e Cadeia da Vila de Santo Antônio dos Anjos da Laguna. Atualmente a construção abriga um museu: a Casa de Anita Garibaldi. Apresenta influências da arquitetura luso-brasileira, atualmente se encontra centralizada no lote.

Possui dois corpos separados, um principal e outro de serviços, além de uma portada junto ao corpo principal. Suas janelas são em madeira do tipo guilhotina com postigos internos de madeira. As vergas das aberturas das fachadas norte e oeste são em canga de boi e as demais vergas são retas.

A cobertura do corpo principal é em quatro águas, possuindo uma cumeeira e quatro espigões, com estrutura em madeira coberta com telhas cerâmicas do tipo capa-e-canal. O corpo secundário possui aberturas com vergas em canga de boi na fachada norte e verga reta na fachada sul, as janelas são de escuro com gradil externo em madeira, cobertura em duas águas com estrutura de madeira coberta com telhas cerâmicas tipo capa-e-canal.

Casa Candemil

O imóvel foi construído em meados do século XIX, por Manoel José Dias de Pinho. Apresenta influências da arquitetura luso-brasileira e eclética, com alinhamento junto ao passeio. No início da década de 1990 o prédio estava praticamente arruinado e foi doado ao IPHAN em 1997, que promoveu obras de restauração e instalou, em parceria com a Prefeitura Municipal de Laguna, o Arquivo Público Municipal – Casa Candemil.

Trata-se de uma edificação térrea, com janelas de guilhotina em madeira envidraçada e postigos internos também de madeira, possui quatro meias-portas (portas holandesas ou saia e blusa) de acesso com bandeira alta.

A cobertura é de três águas, possuindo uma cumeeira e três espigões, com estrutura em madeira, coberta com telhas cerâmicas tipo capa-e-canal, apresenta platibanda vazada com balaústres, piso em tabuado e forro de saia-e-camisa. Possui um pequeno pátio lateral junto à face leste.

    Palavras-chave
  • Iphan
  • Laguna
  • PAC
  • Cidades Históricas
  • restauração
  • Prefeitura
  • Tweet

Últimas Notícias


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 99115.3012
48 99998.8885
Inbox no Facebook

contato@portalahora.com.br

Localização

Imbituba - SC Brasil