#
Baú Açoriano
Ronaldo Augusto Pires


1-3 de 3 artigos

O Baú Açoriano traz uma riqueza da comunicação e da literatura popular, os adágios, os falares, ditos populares, provérbios, dentre outros, que atualmente são do folclore, porém, ainda muito utilizados, adágios, ditados, falares e expressões de Portugal, Ilhas dos Açores, Santa Catarina e de nossa região! “Trovão no verão, água na mão”, “A boca que mente, mata a alma”, "Lançar a pedra, esconder a mão", “Sabe da panela quem mexe nela”, “Antes um naco de pão com amor, do que galinha com dor”, “Bem toucada, não há mulher feia” são alguns exemplos 806

O método indígena de fazer a farinha era bastante rudimentar e pouco rendoso. Com a tecnologia que conheciam, dos moinhos de vento, criaram adaptações para que fossem movimentados os engenhos, utilizando-se da força de um boi. Em geral os engenhos de farinha são tocados por um único boi. 1491

No dia 06 de janeiro comemora-se o dia de Terno de Reis, que são pequenos grupos de músicos que realizam canções e que têm como referência a história bíblica dos Três Reis Magos e sua chegada ao lugar onde se encontrava o menino Jesus. Mas também foi neste dia que os primeiros açorianos desembarcaram na Vila de Desterro, atual Florianópolis, em 1748. Eram 256 pessoas. Falam as boas línguas que muitas dessas pessoas rumaram a Freguesia Sant'Anna de Vila Nova, atualmente, distrito da cidade de Imbituba. ​ 1355




As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 9 9115.3099
Inbox no Facebook

portalahora@gmail.com

Localização

Imbituba - SC Brasil